CRIA logo

Como funciona a redação do vestibular?

Compartilhe

Não sabe como funciona a redação do vestibular? O texto avalia diversas habilidades do candidato, muito além de apenas a escrita e conhecimento do tema.

Como funciona a redação do vestibular? De modo geral, a produção textual avalia não apenas o conhecimento do candidato sobre um determinado tema, mas também suas habilidades de expressão escrita, argumentação e capacidade de organização de ideias.

Redigir um texto, geralmente, é uma das partes mais difíceis do vestibular ou exames como o ENEM, gerando diferentes graus de insegurança nos participantes. Esse fenômeno, contudo, é algo frequente e esperado, que tende a melhorar ao longo da trajetória de estudos.

De uma maneira geral, a escrita de uma redação do vestibular apresenta particularidades específicas que visam a transmissão de uma tese e argumentação com objetividade, exatidão, coesão e coerência, etc.

Mas afinal, como funciona a redação do vestibular? O CRIA tira todas as suas dúvidas sobre redação e muito mais. Continue conosco e boa leitura.

como funciona a redacao do vestibular
Na redação do vestibular os candidatos são avaliados quanto à capacidade de desenvolver argumentos consistentes e sustentá-los ao longo do texto – Foto: Pexels.

O que é o vestibular?

O vestibular é um processo seletivo adotado por diversas instituições de ensino superior, como universidades e faculdades, para a admissão de estudantes em seus cursos de graduação. Trata-se de um sistema de avaliação amplamente utilizado no Brasil.

Segundo a Super Interessante, o vestibular foi instituído no país por um político chamado Rivadávia da Cunha Corrêa, em 1911. Ele, enquanto era ministro da Justiça e dos Negócios Interiores na época, optou por fazer um exame para selecionar candidatos para a educação pública.

Até então, apenas estudantes de colégios tradicionais, como o Dom Pedro II do Rio de Janeiro, eram os únicos admitidos nessas universidades.

Com a democratização da educação, os exames vestibulares ficaram cada mais vez mais populares e concorridos. Assim, os candidatos são submetidos a testes em uma variedade de disciplinas durante o exame, como linguagem, matemática, ciências da natureza e ciências humanas. A estrutura e o formato das provas variam de instituição para instituição e curso.

Você também pode se interessar por:

Como funciona a redação do vestibular?

O formato da redação de qualquer exame ou vestibular pode variar conforme a instituição de ensino e o tipo de exame. Entretanto, algumas características são comuns na maioria dos processos seletivos.

Assim, aqui estão algumas características de como funciona a redação do vestibular:

1. Tema

O tema da redação é fornecido pela banca examinadora no momento da prova. No primeiro momento, geralmente, o estudante acessa os textos motivadores e, logo abaixo, há a proposta de redação com o tema da prova.

Além disso, o tema pode ser relacionado a questões sociais, culturais, políticas, científicas, entre outros.

2. Gênero textual:

A banca especifica o tipo de texto que os candidatos devem produzir diretamente na proposta de redação, como dissertação, narração, carta argumentativa, artigo de opinião, entre outros.

Entretanto, é comum que alguns vestibulares mantenham o mesmo gênero textual, assim como o ENEM que desde o seu início cobra o gênero dissertativo-argumentativo.

3. Estrutura:

Todo gênero textual possui uma estrutura bem definida que deve ser conhecimento prévio do estudante. Ou seja, no momento da prova, não há como – esse aspecto e outros devem ser estudados pelo participante da prova.

4. Extensão:

Todos os vestibulares estabelecem um limite de palavras, e os candidatos precisam se adequar a ele. Assim, é importante não ultrapassar e nem ficar muito abaixo do número estipulado.

Caso o participante da prova não apresente a quantidade mínima de linhas exigidas, ele pode zerar a redação.

5. Domínio da Norma Culta:

Dominar a norma culta da língua portuguesa é uma habilidade essencial para alcançar sucesso na prova do ENEM e vestibulares. Afinal, sua utilização adequada não apenas evidencia um alto nível de domínio da língua, mas também contribui para a clareza e eficácia da comunicação escrita.

Nesse sentido, compreender e aplicar corretamente as regras gramaticais, a pontuação e o vocabulário são aspectos fundamentais para uma escrita coerente e adequada aos padrões acadêmicos exigidos pelo exame.

6. Critérios de avaliação:

Todas as provas definem critérios pelos quais a redação será avaliada. De modo geral, inclui coesão, coerência, clareza, argumentação, correção gramatical, entre outros.

Vale ressaltar que o ENEM é pioneiro, já que disponibiliza quais são as competências utilizadas a todos os candidatos. Ou seja, quais são as habilidades esperadas pelos estudantes na hora da redação.

7. Habilidade de argumentação:

Um dos pontos principais em qualquer redação vestibular é a argumentação. Nesse sentido, os candidatos são avaliados quanto à capacidade de desenvolver argumentos consistentes e sustentá-los ao longo do texto.

Para sustentá-los vale utilizar exemplos, citações de personalidades como estudiosos, filósofos, sociólogos e pesquisas, ou seja, o que fizer sentido para corroborar seus argumentos.

8. Originalidade e criatividade:

De fato, a redação do vestibular nem sempre é o lugar para demonstrar criatividade e originalidade, ainda mais se não tiver um objetivo específico. Entretanto, se manter na estrutura enquanto demonstrar originalidade em alguns casos pode ser altamente valorizada.

9. Contextualização:

Essa habilidade refere-se a capacidade de situar o tema no contexto social, cultural ou histórico, oferecendo informações relevantes que ajudam a compreender a importância e a relevância do assunto abordado.

Nesse sentido, inclua informações históricas se o tema estiver relacionado ao passado para ajudar o leitor a entender melhor.

Além disso, para demonstrar o quão importante é o tema no momento, conecte-o a eventos atuais. Então, demonstra como a questão evoluiu ao longo do tempo, bem como a razão pela qual o assunto deve ser abordado agora.

10. Rascunho e folha oficial de prova:

Por fim, para entender como funciona a redação do vestibular, entenda a diferença entre o rascunho e a folha oficial de prova.

Antes de passar a limpo na folha oficial, os candidatos podem escrever suas ideias no rascunho e fazer anotações.

Cuidado! Não confunda os dois.

A folha de prova oficial é o espaço reservado para a resposta final que será avaliada. Ao fazê-lo, o candidato deve transcrever de maneira clara e organizada as ideias que já foram desenvolvidas no rascunho.

Qual o objetivo da redação no vestibular?

O objetivo da redação no vestibular é avaliar o conhecimento e a aptidão dos candidatos para ingressar no ensino superior. Além disso, dependendo do curso e da instituição, o processo seletivo pode incluir diferentes etapas, como prova objetiva, prova discursiva, redação, entrevistas ou análise do histórico escolar.

Muitas instituições públicas no Brasil utilizam o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) como parte do processo seletivo, enquanto outras têm vestibulares próprios. Instituições privadas também podem utilizar o ENEM, além de criar suas próprias formas de avaliação.

Desse modo, o vestibular é um momento importante na vida dos estudantes, e o desempenho nessas avaliações pode determinar o acesso a cursos superiores em instituições renomadas. Assim, o processo seletivo costuma ser bastante concorrido, impulsionando os candidatos a se prepararem com antecedência.

O que devo estudar para a redação?

Bom, para se preparar para a redação do vestibular, você precisa ter conhecimento de vários temas e habilidades escritas específicas.

Para começar, você deve aprender sobre os vários tipos de gêneros textuais, incluindo narração, dissertação, carta argumentativa, artigo de opinião e outros. Ou seja, compreenda as características distintas de cada um.

Além disso, melhore a ortografia e a gramática para evitar erros comuns ao usar o português. Outro ponto importante é conhecer a estrutura básica de um texto, incluindo introdução, desenvolvimento e conclusão.

Quantas linhas tem que ter uma redação de vestibular?

De modo geral, o número de linhas necessárias para uma redação de vestibular varia de instituição para instituição, bem como das especificações do edital. Assim, as instituições normalmente estabelecem um limite de palavras mínimo e máximo, que podem ser traduzidos em um número aproximado de linhas.

Quantos pontos vale a redação do vestibular?

A pontuação atribuída à redação do vestibular varia conforme a instituição e o método de avaliação utilizado. Cada universidade ou vestibular pode usar um sistema de pontuação diferente, então não há padrão.

Aprimore sua escrita com o CRIA

Agora que você conferiu como funciona a redação do vestibular, é hora de praticar. Com isso, o CRIA pode te ajudar. Mas o que é o CRIA?

Projetado para ser um corretor de redações baseado em inteligência artificial e processamento de linguagem natural, o CRIA é uma ferramenta útil e simples de utilizar.

Assim, ele utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Então, através do modelo, o CRIA realiza a correção das redações seguindo os parâmetros gerais cobrados por diversos vestibulares.

correcao do cria
Agora o CRIA corrige suas redações de todos os vestibulares – Foto: CRIA.

Quais são as funcionalidades do CRIA?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.
O CRIA, uma ferramenta de correção de redações com inteligência artificial, te ajuda a praticar para o ENEM — Vídeo: Reprodução.

Qual o passo a passo para utilizar o CRIA?

Após escolher o plano, seu acesso à plataforma será liberado. Então, você pode escolher um tema disponível no site ou enviar outro tema desejado.

Em seguida, escreva o texto na área indica e submeta para correção. Em até 2 minutos sua redação do ENEM estará corrigida conforme as 5 competências do ENEM.

Por fim, após realizar as correções indicadas, atualize a análise para obter um novo resultado.

como estudar para o enem do zero
CRIA: corretor de redação por inteligência artificial — Foto: CRIA.

Acompanhe seu progresso

Após enviar as redações, é possível acessar outra ferramenta disponível para os alunos do CRIA: o gráfico com histórico de pontuação.

Assim, por meio dele, é possível visualizar de maneira clara as competências que precisam de mais atenção.

grafico de correcao de redacao interativo
Gráfico de correção de redação interativo — Foto: CRIA.

A quem o CRIA se destina?

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »