CRIA logo

Estrutura da notícia: guia prático para estudantes

Compartilhe

A notícia é um dos gêneros textuais que podem ser solicitados em redações de exames vestibulares. Descubra aqui como escrever uma!

A estrutura da notícia possui elementos principais como o título ou manchete, lead ou lide, corpo do texto e fechamento. Assim, esse gênero muito veiculado nos jornais também pode ser exigido em algumas provas vestibulares.

Diversos vestibulares cobram a notícia como um dos possíveis gêneros textuais da prova de redação. Por isso, dominar a estrutura da notícia é essencial para os participantes de avaliações como Unicamp e UEM.

Além disso, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) pode exigir esse conhecimento para a prova de Linguagens e suas Tecnologias. Então, nada melhor do que estar muito bem preparado.

Pensando nisso, o CRIA elaborou esse conteúdo completo para te guiar na estrutura da notícia. Boa leitura.

estrutura da noticia
O gênero notícia é classificado como gênero jornalístico interpretativo assim, apresentam fatos, propondo ligação entre eles com o objetivo de possibilitar interpretações sobre aquilo que é exposto, – Fonte: Pexels

Qual a história da notícia?

Levar a informação a diversos lugares é um dos papéis do jornalismo. Antes mesmo de ser o que é hoje e como conhecemos, as notícias enfrentavam grandes barreiras.

O primeiro jornal do mundo foi o Acta Diurna, criado por Júlio César, um dos grandes imperadores romanos, com o intuito de divulgar suas conquistas militares e informar o povo da expansão do Império.

Entretanto, a dificuldade de disponibilização dessas notícias era enorme, já que eram manuscritas. Porém, após a invenção de Johannes Gutenberg, a prensa de tipos móveis revolucionou tanto a produção de notícias quanto a disseminação de livros.

Em um salto histórico, as notícias nem de papel precisam mais. Com o avanço da tecnologia, o jornal impresso perde seu espaço a cada dia. Atualmente, temos notícias rapidamente na palma da mão, sem necessidade do papel.

Você também pode se interessar por:

O que é o gênero textual notícia?

Uma notícia é a informação mais recente e relevante sobre um evento, acontecimento, descoberta, acontecimento ou desenvolvimento que é divulgada por meio de veículos de comunicação, como jornais, revistas, sites de notícias, rádio ou televisão.

Além disso, em sua maioria, as notícias são apresentadas de maneira imparcial e objetiva, com o objetivo de informar o público sobre as notícias mais recentes.

Segundo estudiosos, é considerada um gênero interpretativo, pois apresentam fatos com o objetivo de possibilitar interpretações sobre aquilo que é exposto, e expressam uma versão para um conjunto de fatos, deixando ao seu receptor a oportunidade de refletir sobre aquilo que é mostrado.

Qual é a estrutura da notícia?

A estrutura de uma notícia é padrão, o que permite que o leitor entenda e organize as informações importantes independente do assunto.

O título, o lead (ou lide), o corpo do texto e, ocasionalmente, a conclusão são os componentes fundamentais de uma notícia.

Assim, confira o que não pode faltar na notícia:

Título ou manchete

A primeira parte da notícia deve ser breve, atraente e transmitir a ideia principal do conteúdo. Desse modo, elaborar um título para a notícia pode ser uma tarefa difícil, e o estudante pode precisar contar com a criatividade para conquistar a atenção do leitor sem se esquecer da objetividade do texto.

Lead ou Lide

O parágrafo inicial da notícia é a parte mais importante do texto. Ele deve responder às perguntas básicas sobre a notícia: quem, o quê, onde, quando, porque e como. Então, o objetivo é atrair a atenção do leitor e resumir o evento em poucas frases.

como escrever um lide de noticia
Lide: elementos essenciais da notícia e como escrever um – Fonte: CRIA

Corpo do Texto

Os pontos apresentados no lead são complementados por detalhes adicionais no corpo da notícia. Assim, as informações são organizadas de acordo com sua importância, com as mais pertinentes listadas primeiro. Então, o texto não deve conter linguagem tendenciosa ou sensacionalista, além de ser claro e imparcial.

Em suma, o objetivo da notícia é transmitir um fato ou acontecimento, sem opinião pessoal de quem está escrevendo. Caso aparece algum julgamento ou opinião, a notícia é descaracterizada e pode receber penalização por parte dos corretores da prova.

Finalização

Embora algumas notícias possam ter uma conclusão, elas não são sempre necessárias. Então, caso haja, ela pode fornecer informações adicionais, um resumo do que aconteceu ou perspectivas para o assunto.

Fontes e Citações

Citações de fontes, especialistas ou pessoas envolvidas no evento podem ser relevantes para notícias, ou investigações mais detalhadas. Em suma, a citação gera maior credibilidade à reportagem e ajuda a contextualizar os fatos.

Assim, é possível observar a citação direta ou indireta de pessoas que estavam durante o acontecimento. Em relação a notícias sobre ciência, é comum citar a fonte da informação para embasar a notícia.

O que não pode faltar em uma notícia?

estrutura da noticia
Resumindo a estrutura da notícia. – Fonte: CRIA.

Quais são os 5 elementos da notícia?

  1. Título ou Manchete:
    • Resume o conteúdo da notícia de forma breve e atrativa.
  2. Lead ou Lide:
    • Apresenta as informações mais importantes da notícia de forma sucinta, respondendo às perguntas fundamentais: quem, o quê, quando, onde, por que e como. O lead é essencial para atrair a atenção do leitor.
  3. Corpo da Notícia:
    • Parágrafos Subsequentes: Organizados em ordem de importância decrescente, contêm informações adicionais e detalhes sobre o evento ou tópico.
    • Citações: Inclui declarações de pessoas envolvidas ou especialistas para fornecer diferentes perspectivas.
  4. Contextualização:
    • Fornece contexto adicional, background ou explicações mais aprofundadas conforme necessário.
  5. Fechamento ou Fechamento:
    • Encerra a notícia de forma conclusiva, se houver informações adicionais ou uma conclusão apropriada a ser destacada.

Dicas:

  • Utilize apenas a terceira pessoa, exceto no discurso direto;
  • Não julgue ou teça comentários sobre o fato.

Qual é o exemplo de notícia?

Para ficar mais claro, confira essa notícia publicada pelo Splash – UOL:

William e Kate tiveram permissão para focar na família ao invés da realeza

Elizabeth 2ª deu aval para que William e Kate, ambos 41, focassem na família ao invés dos deveres reais. A autorização também foi consentida pelo rei Charles, de acordo com fonte próxima do casal à revista People.

Assim, o casal conseguiu que os príncipes tenham uma criação diferente de outras crianças da realeza britânica. Eles adotaram um “senso de normalidade” para o príncipe George, 9, a princesa Charlotte, 8, e o príncipe Louis, 5.

“As famílias reais ao longo das gerações não tiveram a chance de acertar essas fundações, mas eles têm. Vinda de uma origem diferente, Kate aprecia a importância de ter tempo para a família. Ela não foi criada naquele ambiente aristocrático onde você vê as crianças por um curto período de tempo todos os dias”, disse a fonte.

William e Kate criaram o costume de levar os filhos para a escola, além de pelo menos um deles estar presente em casa quando os filhos chegassem. “Essas crianças parecem muito felizes com a vida. Muito disso é a normalidade estabilizadora que Kate traz, e foi assim que ela cresceu. William absolutamente adora isso”, afirmou a fonte.

Outro senso de normalidade foi comentado por Kate em entrevista ao podcast “Happy Mum, Happy Baby”, em 2020. Ela também disse que fica mais feliz quando está com a sua família no campo, em que todos estão “sujos”, o que agrada muito William esse jeito de levar a vida com os filhos.”

Notícias falsas: todo cuidado é pouco

Recentemente, observou-se um aumento significativo nas notícias faltas, mais conhecidas como fake news. Conforme a revista Galileu, as notícias falsas possuem 70% mais chances de serem compartilhadas que as verdadeiras.

Assim, todo o cuidado é pouco. Caso você se depare com algumas dessas notícias, pense e reflita a respeito daquele assunto e, o mais importante, verifique as fontes. Além disso, cheque em outros veículos de comunicação para confirmar.

Um dos meios mais utilizados para circular fake news é o aplicativo de mensagem WhatsApp, visto que o compartilhamento é simples e atinge inúmeras pessoas. Então, se você trombou com alguma informação duvidosa, confira.

A importância desse tema tomou proporções maiores e, se você está ligado, sabe que há uma grande discussão a respeito do Projeto de Lei n° 2630 de 2020, também conhecido como Lei das Fake News.

De modo geral, a explicação da emenda é: “Estabelece normas relativas à transparência de redes sociais e de serviços de mensagens privadas, sobretudo no tocante à responsabilidade dos provedores pelo combate à desinformação e pelo aumento da transparência na internet, à transparência em relação a conteúdos patrocinados e à atuação do poder público, bem como estabelece sanções para o descumprimento da lei.

Em suma, o interesse é regulamentar para haver transparência entre os usuários e as redes sociais.

Qual a diferença entre uma notícia e uma reportagem?

A principal distinção entre uma notícia e uma reportagem reside principalmente na forma como as informações são apresentadas. Vamos dar uma explicação para cada uma delas:

Notícia:

  • A informação atual e relevante sobre um evento ou acontecimento recente é chamada de notícia;
  • É escrita de forma objetiva, sucinta e direta, com um título, lead e corpo do texto padrão;
  • O objetivo principal da matéria é oferecer informações claras e imparciais sobre os eventos mais importantes ao leitor;
  • As perguntas fundamentais (quem, o quê, onde, quando, porque e como) são o foco;
  • As notícias normalmente não incluem opiniões ou análises detalhadas, mas sim os fatos simples.

Reportagem:

  • A reportagem é um tipo de texto jornalístico mais longo e detalhado que examina um tópico ou tema específico em detalhes;
  • Pode ser baseado em novos fatos ou investigações aprofundadas sobre um assunto que o público está interessado em saber;
  • A reportagem pode ser mais detalhada e incluir informações adicionais, análises, opiniões de especialistas e depoimentos de pessoas envolvidas;
  • Contextualizando o tema e examinando várias perspectivas, a reportagem visa fornecer uma visão mais abrangente e abrangente dele;
  • Para tornar a leitura de uma reportagem mais envolvente e cativante, o repórter pode usar técnicas narrativas e elementos literários.

O que são gêneros textuais?

Todas as pessoas usam a língua para se comunicar, e os enunciados, sejam orais ou verbais, são o meio pelo qual essa comunicação ocorre.

Assim, o termo “gênero do discurso” refere-se aos enunciados relativamente estáveis que os falantes usam em diferentes situações de comunicação.

Além disso, os gêneros textuais estão presentes no cotidiano das pessoas como algo natural. Como resultado, são variáveis e mutáveis, e se desdobram para criar novos gêneros a partir dos que já existem.

Como são projetados para facilitar a comunicação, não se limitam à forma ou às características que a caracterizam.

Aprimore sua escrita com o CRIA

Agora que você já sabe coomo é a estrutura da notícia, o CRIA pode ser a ferramenta ideal para esse processo. Mas o que é o CRIA?

O CRIA é um corretor de redação por inteligência artificial que utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Além disso, o CRIA realiza previsões de notas por competência, análise de contexto na introdução, previsão de defesa de tese, previsão de fuga ao tema, previsão de intervenção, uso de parônimas e homônimas, etc.

Mas o que o CRIA faz por você?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 3

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes