CRIA logo

Direitos humanos no ENEM: como respeitar e tirar nota mil?

Compartilhe

Os Direitos Humanos são um tema recorrente nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Na redação, os estudantes devem elaborar uma dissertação argumentativa-disserativa que respeite os direitos humanos, sendo esta uma das competências cobradas e avaliadas pela prova.

Para redigir a redação do ENEM, o candidato deve estar por dentro de questões sociais, como a violência contra minorias. Isto é, a inclusão social, a igualdade de gênero, a liberdade de expressão e a dignidade humana.

Então, o estudante precisa ter um bom conhecimento dos direitos humanos, suas conquistas, desafios e perspectivas, além de conhecer a legislação nacional e internacional que trata desses assuntos.

Desse modo, o CRIA elaborou esse artigo completo para detalhar tudo sobre os direitos humanos no ENEM. Confira agora e boa leitura.

direitos humanos no enem
Direitos humanos no ENEM: importância de usar e respeitar os limites na prova – Foto: Pexels.

O que são direitos humanos?

Os Direitos Humanos são um conjunto de direitos e liberdades fundamentais e básicos de todos os seres humanos. Então, isso quer dizer que, independente de sua etnia, gênero, orientação sexual, nacionalidade ou qualquer outra condição social, econômica ou cultural, você tem direito a eles.

Em suma, incluem uma série de direitos civis e políticos, como o direito à vida, à liberdade, à igualdade perante a lei, à liberdade de expressão. Além disso, também incluem os direitos sociais, culturais e econômicos, como o direito à educação, à saúde, à moradia, ao trabalho digno e à alimentação adequada.

No Brasil, os Direitos Humanos estão previstos na Constituição Federal de 1988 e em outras leis que tratam do assunto. Porém, foram formalizados em diversas declarações e tratados internacionais, como a Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1948.

Você também pode gostar de:

Desrespeitar os direitos humanos no ENEM zera?

Desrespeitar os direitos humanos na redação do ENEM não irá zerar a nota do candidato. Entretanto, a redação é corrigida segundo as 5 competências do ENEM, sendo a última delas estritamente sobre o respeito aos direitos humanos.

Desse modo, caso o candidato desrespeite os direitos humanos, a pontuação de até 200 pontos para a competência IV sofrerá prejuízos e decréscimos.

Até 2016, desrespeitar os direitos humanos era uma razão para zerar a redação do ENEM. Porém, o Superior Tribunal Federal (STF) manteve liminar do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) que impedia a redação ser zerada por esse motivo. 

Quando a redação do ENEM será zerada?

A redação do ENEM só receberá nota zero se tiver as razões elencadas pelo Exame. A cartilha de redação do ENEM é um manual essencial para todos os candidatos, pois nela se encontram todas as informações sobre o que zera a prova.

Então, veja agora todos os motivos que podem zerar uma redação do ENEM:

  • Fuga total ao tema;
  • Não obediência ao tipo dissertativo-argumentativo;
  • Extensão de até 7 (sete) linhas manuscritas, independente do conteúdo, ou extensão
    de até 10 (dez) linhas escritas no sistema Braile;
  • Cópia de texto(s) da Prova de Redação e/ou do Caderno de Questões sem haver pelo
    menos 8 linhas de produção própria do participante;
  • Desenhos e outras formas propositais de anulação mesmo que em qualquer parte da folha de
    redação (incluindo os números das linhas na margem esquerda);
  • Números ou sinais gráficos sem função evidente em qualquer parte do texto, ou da folha
    de redação (incluindo os números das linhas na margem esquerda);
  • Parte deliberadamente desconectada do tema proposto;
  • Impropérios e outros termos ofensivos, ainda que façam parte do projeto de texto;
  • Assinatura, nome, iniciais, apelido, codinome ou rubrica fora do local devidamente
    designado para a assinatura do participante;
  • Texto predominante ou integralmente escrito em língua estrangeira;
  • Folha de redação em branco, mesmo que haja texto escrito na folha de rascunho;
  • Texto ilegível, que impossibilite sua leitura por dois avaliadores independentes.

Como respeitar os direitos humanos no ENEM

Todos os candidatos da prova querem garantir uma boa nota na redação, certo? Para isso, é preciso se atentar para alguns pontos. Por isso, respeitar os direitos humanos é muito importante para demonstrar uma postura ética e cidadã.

Em suma, o Exame exige uma posição crítica, porém respeitosa. Para ficar mais claro, vamos a alguns exemplos.

Exemplos do que NÃO escrever no ENEM:

  • “As mulheres que sofrem violência devem fazer justiça com as próprias mãos”;
  • “Cadastros deveriam ser feitos para limitar a ida das pessoas ao cinema.”;
  • “Para combater a intolerância religiosa, deveria acabar com a liberdade de expressão.”;
  • “Deve-se [sic] criar leis cruéis para pais que não querem dar seu sobrenome a seus filhos.”;
  • “O governo deveria punir e banir essas outras “crenças”, que não sejam referentes a Bíblia”.

Se prepare para o ENEM 2023 com o CRIA

O Exame Nacional do Ensino Médio exige dos estudantes um bom preparo para enfrentá-la. Para isso, é necessário dedicação e planejamento. Então, conheça a prova, faça simulados, mantenha-se atualizado e o mais importante: treine a redação.

Portanto, lembre-se de que a preparação deve começar com antecedência. Assim, ficará bem mais fácil de enfrentar a prova. Veja agora todas as datas importantes para os candidatos do ENEM 2023:

Calendário Enem 2023

  • Inscrições: de 06 a 16 de junho de 2023;
  • Aplicação da prova: 05 e 12 de novembro de 2023;
  • Divulgação do gabarito: 24 de novembro de 2023;
  • Divulgação do resultado: 16 de janeiro de 2024.

Portanto, se você está se preparando para o ENEM 2023, o CRIA pode ser uma ótima opção para garantir um bom desempenho na prova. Afinal, com uma preparação adequada, você poderá alcançar a pontuação necessária para ingressar na universidade.

Com o CRIA se preparar ficou bem mais fácil. O corretor de redação por inteligência artificial pode corrigir sua redação em até 2 minutos. Sabemos que o tempo é um fator muito importante para todos os estudantes, por isso a rapidez é essencial.

Além disso, o CRIA disponibiliza a nota do estudante seguindo as cinco competências do ENEM, informando quais os pontos fortes e os pontos de melhoria.

Gostou? Então comece agora.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »