CRIA logo

Redundância na redação do ENEM: escreva com precisão!

Compartilhe

A redundância na redação do ENEM — repetição de termos, frases ou ideias — pode prejudicar a sua nota final. Veja como ser objetivo e escrever com precisão.

Escrever com precisão e objetividade são habilidades essenciais para redigir textos dissertativos. Por isso, se você quer gabaritar a prova, é crucial evitar a redundância na redação do ENEM. Afinal, nada melhor que ler um texto objetivo e claro – o que impressiona a banca corretora. Veja algumas dicas que irão te fazer um escritor avançado.

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2023 já está com data marcada. Assim, esse é o momento em que milhares de candidatos aceleram seus planejamentos de estudos para otimizar o tempo e avançar nos conteúdos.

Então, não deixe para praticar a redação apenas no final, já que se trata de uma das partes mais importantes do exame e pode até mesmo te desclassificar caso tire nota 0. Então, se ainda não a priorizou, esse é o momento.

Outro ponto que não deve ser deixado de lado e que pode fazer toda a diferença são dicas para melhorar a redação do ENEM. Um dos conceitos que vamos explorar hoje é sobre redundância na redação do ENEM. Não sabe o que isso significa?

Veja esse conteúdo completo preparado pelo CRIA para te guiar nesse processo. Boa leitura.

redundancia na redacao do enem
Redundância na redação do ENEM: como evitar? – Fonte: Pexels

O que redundância em um texto?

A redundância é a repetição desnecessária de palavras, ideias, informações ou expressões em um texto, o que pode resultar em uma comunicação repetitiva e pouco eficiente. Então, ela ocorre quando algo é dito mais de uma vez, de maneira que a informação extra não acrescenta nada de novo ou relevante ao contexto.

Existem diferentes tipos de redundância, às quais o candidato deve se atentar para não cometê-las ao longo de sua redação. Afinal, a redundância compromete a clareza, a objetividade e a fluidez do texto, tornando-o prolixo e cansativo para o leitor.

Então, se você quer impressionar a banca corretora de redação oficial do ENEM, nada de ser redundante.

Você também pode gostar de:

Quais são os tipos de redundância?

A escrita de qualidade deve ser clara e concisa. No entanto, os participantes do ENEM frequentemente caem na armadilha da redundância ao usar palavras ou expressões que repetem informações inúteis.

Assim, a redundância é um conteúdo abrangente que pode se subdividir em várias categorias. Então, veja a seguir alguns tipos e exemplos:

Redundância lexical:

Há repetição desnecessária de palavras na mesma frase ou no mesmo contexto.
Exemplo: “subir para cima”, “descer para baixo”, “entrar para dentro”.

Redundância semântica:

Há repetição de ideias ou informações utilizando diferentes palavras, ou expressões.
Exemplo: “repetir novamente”, “sair para fora”, “há muito tempo atrás”.

Redundância pleonástica:

Em que se adiciona uma informação que já está implícita ou conhecida.
Exemplo: “vi com meus próprios olhos”, “suba para cima”, “descer para baixo”.

Redundância estrutural:

Na qual se repete uma mesma estrutura gramatical.
Exemplo: “Ele corre, pula e salta” (repetição de verbos no mesmo padrão).

Redundância explicativa:

Se repete uma informação para enfatizá-la ou esclarecê-la, mesmo que não seja necessário.
Por exemplo: “a cor vermelha, que é vermelha”.

Redundância circunstancial:

Repete-se uma mesma informação de contexto.
Exemplo: “No mês de janeiro, no início do ano”.

Redundância tautológica:

A mesma ideia é repetida, utilizando palavras sinônimas.
Por exemplo: “sair para fora” (repetição do sentido de sair).

Como evitar a redundância na redação do ENEM?

Evite a repetição de palavras para escapar da redundância na redação do ENEM, que prejudica a estética e o fluxo adequado da sua produção e resulta em um texto enfadonho e confuso. Então, atente-se e utilize a coesão referencial ao retomar termos por meio de pronomes, artigos e advérbios.

Além disso, é possível utilizar sinônimos ou mencionar um grupo mais abrangente (por exemplo, doces) ou mais específico (por exemplo, brigadeiro). Sempre revise seu texto em busca de redundâncias e corrija-as conforme necessário.

Mas o que é coesão referencial?

A coesão referencial é responsável por estabelecer uma conexão entre termos ou elementos já mencionados no texto, assim, evitando repetições desnecessárias. Desse modo, permite que o leitor compreenda claramente a referência feita, facilitando a compreensão do texto como um todo.

Existem várias formas de estabelecer uma coesão referencial no texto:

  • Pronomes: tanto os pronomes pessoais quanto os pronomes demonstrativos podem fazer essa papel referencial. São eles: ele, ela, eles, elas, este, essa, aquele, aquela.
    Exemplo: “A estudante estava ansiosa para fazer a prova, porém ela respirou fundo e se concentrou.”
  • Artigos definidos ou indefinidos: além de identificar o gênero da palavra e indefinir outras, os artigos também são responsáveis pela coesão textual. São eles: a, o, as, os, um, uma, uns, umas.
    Exemplo:O carro estava estacionado. O veículo chamou a atenção dos pedestres.”
  • Advérbios: utilize advérbios de lugar ou de tempo para estabelecer a referência espacial ou temporal. São eles: aqui, ali, lá, hoje, ontem, depois.
    Exemplo: “João comprou um presente. Ele o entregou aqui mesmo.”
  • Sinônimos: utilizar os sinônimos de maneira correta pode evitar a redundância lexical, isto é, repetição da mesma palavra.
    Exemplo: A professora estava avaliando os alunos que estavam de recuperação. Assim, a docente definiu quem passaria e quem estaria reprovado.

Aprimore sua escrita com o CRIA

Projetado para ser um corretor de redações baseado em inteligência artificial e processamento de linguagem natural, o CRIA é uma ferramenta útil e simples de utilizar.

Assim, ele utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Através do modelo, o CRIA realiza previsões de notas por competência, análise de contexto na introdução, previsão de defesa de tese, previsão de fuga ao tema, previsão de intervenção, uso de parônimas e homônimas, etc.

Quais são as funcionalidades do CRIA?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.
O CRIA, uma ferramenta de correção de redações com inteligência artificial, te ajuda a praticar para o ENEM — Vídeo: Reprodução.

Qual o passo a passo para utilizar o CRIA?

Após escolher o plano, seu acesso à plataforma será liberado. Então, você pode escolher um tema disponível no site ou enviar outro tema desejado.

Em seguida, escreva o texto na área indica e submeta para correção. Em até 2 minutos sua redação do ENEM estará corrigida conforme as 5 competências do ENEM.

Por fim, após realizar as correções indicadas, atualize a análise para obter um novo resultado.

inteligencia artificial para corrigir redacao
CRIA: corretor de redação por inteligência artificial — Foto: CRIA.

Acompanhe seu progresso

Após enviar as redações, é possível acessar outra ferramenta disponível para os alunos do CRIA: o gráfico com histórico de pontuação.

Assim, por meio dele, é possível visualizar de maneira clara as competências que precisam de mais atenção.

grafico de correcao de redacao interativo
Gráfico de correção de redação interativo — Fonte: CRIA.

A quem o CRIA se destina?

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes