CRIA logo

Linguagens, códigos e suas tecnologias no ENEM: o que estudar?

Compartilhe

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é subdivido em diversas disciplinas pouco convencionais, tornando a prova um pouco diferente dos demais vestibulares. Assim, é essencial ao estudante conhecer os conteúdos avaliados na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias no ENEM.

Diferente dos demais vestibulares, o ENEM possui uma organização própria, o que o torna um exame diferente dos demais. Desse modo, os participantes devem observar com atenção cada um dos conteúdos de cada uma das habilidades solicitadas.

A prova de linguagens, códigos e suas tecnologias no ENEM não é uma correspondência direta com as provas de língua portuguesa e língua estrangeira às quais os vestibulandos estão acostumados. Por isso, é preciso conhecer a fundo os detalhes para saber o que e como estudar para a avaliação.

Pensando nisso, o CRIA preparou esse conteúdo completo para te guiar na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias no ENEM. Fique conosco até o final e boa leitura.

linguagens codigos e suas tecnologias no enem
Linguagens, códigos e suas tecnologias no ENEM: tudo o que você precisa saber para se preparar da melhor maneira — Fonte: Pexels.

O que é a prova de linguagens, códigos e suas tecnologias no ENEM?

A prova de linguagens, códigos e suas tecnologias no ENEM é composta por 45 questões, com uma redação. Além disso, as questões abordam diversos aspectos relacionados à língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), elementos de artes e educação física.

Confira abaixo qual o conteúdo da prova:

Língua portuguesa e Literatura

As questões envolvem a compreensão e interpretação de textos, tanto literários quanto não literários, gramática, figuras e funções de linguagem, estilos e gêneros textuais, bem como conhecimentos sobre autores e suas obras.

Língua Estrangeira (inglês ou espanhol)

Nessa seção, os candidatos devem demonstrar habilidades de compreensão escrita e de leitura respondendo às perguntas sobre textos em língua estrangeira, como diálogos, notícias, cartas e artigos.

Artes

Nesse aspecto da prova são cobrados os elementos da arte, análise e interpretação de obras artísticas, movimentos culturais e características de diferentes períodos artísticos foram tópicos de discussão.

Educação Física

Apesar de não haver uma prova específica de Educação Física, são feitas menções ou referências indiretas a aspectos relacionados à área. Elas podem aparecer em questões de outras disciplinas ou até em textos de contexto social, como temas que abordem atividades físicas, esportes, saúde, educação, entre outros.

Tecnologias da informação e comunicação:

As questões do ENEM visam avaliar a capacidade dos candidatos em aplicar conhecimentos, analisar dados, interpretar dados e resolver problemas cotidianos e sociais, incluindo problemas relacionados à tecnologia.

Você também pode se interessar por:

Como é dividida a prova do ENEM?

A prova de Linguagens, códigos e suas tecnologias é uma das partes que compõe o Exame Nacional do Ensino Médio. Desse modo, a prova se divide em:

  1. Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  2. Ciências Humanas e suas Tecnologias
  3. Ciências da Natureza e suas Tecnologias
  4. Matemática e suas Tecnologias

No total, o ENEM possui 180 questões, sendo subdivida entre esses conteúdos. Além disso, a redação é uma das partes fundamentais da prova

Dicas de ouro para mandar bem na prova de Linguagens, código e suas tecnologias do ENEM:

  1. Se prepare para a prova. O conteúdo cobrado é um resumo de anos de estudos nos bancos escolares, ou seja, não deixe para estudar em cima da hora;
  2. Tenha calma. Nada de fazer a prova correndo, porém esteja atento ao tempo disponível. Em média, o candidato pode se debruçar em cada questão por cerca de 2 minutos, no máximo. Então, treine muito as questões dos exames anteriores com a limitação de tempo;
  3. Esteja atento aos acontecimentos do Brasil e do mundo. A prova do ENEM exige um bom conhecimento de atualidade e de questões em pauta;
  4. Não chute ou tente adivinhar a resposta de nenhuma questão. É essencial compreender como é calculada a nota no ENEM, pois o chute é prejudicial para a nota final.

Como o CRIA pode te ajudar?

Se você ainda não se sente confiante para fazer a prova e precisa de uma ajudinha, você pode contar com o CRIA. Mas o que é o CRIA?

CRIA é um corretor de redação por inteligência artificial que garante uma correção com grande precisão, baseando-se nas 5 competências do ENEM. E para a praticidade do estudante, a correção é entregue até 2 minutos

Além disso, o CRIA dispõe um banco de dados com centenas de milhares de redações. Então, desde zeradas até aquelas com nota mil, utilizadas como base para IA, nós entregamos ao aluno uma descrição detalhada de onde errou, como arrumar e o porquê tal erro gera desconto de pontos no ENEM. 

Após enviar a sua redação para a correção, o CRIA aponta todos os usos dos conectivos no texto. Assim, você pode observar a frequência e se existe uma diversidade de elementos linguísticos.

correcao cria
Coesão e coerência na redação do ENEM — Fonte: CRIA

Mas, afinal, para quem é o CRIA:

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Vamos começar? Então acesse aqui.


Esse artigo foi útil?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »