CRIA logo

Importância da leitura nos estudos: 5 benefícios

Compartilhe

A prática da leitura é fundamental para os estudos, visto que ela desenvolve habilidades importantes e prepara para exames vestibulares.

Não dá para negar a importância da leitura nos estudos, certo? O fato é que a habilidade de leitura é um dos alicerces para o sucesso na escrita de qualquer texto, especialmente na redação de vestibulares e exames como o ENEM.

Podemos dizer que a leitura nos permite explorar o mundo, separar-nos dos animais irracionais e aumentar nossa criatividade. Parece meio vago, certo?

O fato é que a leitura desempenha um papel fundamental na vida dos seres humanos, além de melhorar o pensamento crítico e aumentar nosso vocabulário.

Diante disso, o hábito da leitura permite que os estudantes acessem um mundo diferente, além de proporcionar diversos benefícios para a produção textual.

Mas afinal, qual a importância da leitura nos estudos e escrita da redação? Confira 5 benefícios da leitura nos estudos e escrita da redação elaboradas pelo CRIA. Continue conosco e boa leitura.

importancia da leitura nos estudos
A leitura é uma ferramenta poderosa para estudantes, desempenhando um papel essencial no desenvolvimento da escrita de redações – Foto: Pexels

Qual importância da leitura nos estudos?

Nas sociedades atuais, aprender a ler e escrever são habilidades que se espera que todas as crianças adquiram na escola básica. Assim, trata-se de competências fundamentais para sobreviver na contemporaneidade, uma vez que ler permite perceber e acessar o mundo.

Segundo, Paulo Freire, educador, filósofo e pedagogo brasileiro, reconhecido internacionalmente por suas contribuições inovadoras para a teoria e prática da educação, a leitura é fundamental pois

“Quando o homem compreende a sua realidade, pode levantar hipóteses sobre o desafio dessa realidade e procurar soluções. Assim, pode transformá-la e o seu trabalho pode criar um mundo próprio, seu Eu e as suas circunstâncias.”.

Então, confira agora 5 benefícios sobre a importância da leitura nos estudos:

1. O seu conhecimento sociocultural aumenta:

A leitura é uma das principais formas de adquirir conhecimento. Assim, através dos livros, artigos e materiais de estudo, os estudantes têm acesso a informações fundamentais em suas disciplinas de interesse.

Você também pode se interessar por:

2. Expansão do vocabulário:

A leitura regular contribui para a expansão do vocabulário. Então, expor-se a diferentes estilos de escrita e terminologias especializadas enriquece a linguagem e melhora a comunicação escrita e verbal.

3. Estímulo ao pensamento crítico:

A exposição a uma variedade de perspectivas e argumentos em textos estimula o pensamento crítico. Desse modo, os leitores aprendem a questionar, analisar e formar suas próprias opiniões de maneira fundamentada.

4. Melhoria da escrita:

Aqueles que leem regularmente tendem a desenvolver habilidades de escrita mais eficazes. Ao observar diferentes estilos de escrita, os estudantes podem aprimorar sua própria expressão escrita e estrutura de argumentação.

5. Preparação para exames e avaliações:

A leitura é fundamental para a preparação eficaz para exames e avaliações. Então, materiais de estudo, livros-texto e artigos acadêmicos oferecem a base necessária para o entendimento dos tópicos abordados nas avaliações.

Como criar o hábito da leitura?

Em um mundo repleto de distrações digitais e demandas constantes, cultivar o hábito da leitura pode ser uma jornada transformadora e um tanto complicada.

Desse modo, a leitura não apenas oferece uma fuga para mundos imaginários, mas também enriquece nossa compreensão do mundo real, expandindo horizontes e promovendo o desenvolvimento pessoal.

Então, confira 6 dicas de como iniciar o hábito da leitura:

1. Crie uma lista de leitura

Um dos primeiros passos é elaborar uma lista de livros que gostaria de ler. Por exemplo, você pode criar uma lista de romances que te interessaram, mas os quais nunca teve a oportunidade de ler; ou uma lista de livros para aprender algo sobre um tópico ou área de estudo de seu interesse.

2. Defina uma meta

Uma boa ideia para se motivar a ler mais é estabelecer uma meta. Por exemplo, você pode estabelecer o objetivo de ler um certo número de livros este ano ou um certo número de páginas por dia, para então trabalhar em vias de atingir essa meta.

3. Agende um horário para leitura

Para ter certeza de que lerá todos os dias, você precisa programar a leitura em seu cotidiano. Você pode ler logo pela manhã, durante o trajeto, antes de dormir ou até mesmo durante o almoço.

4. Encontre um bom lugar para ler

Algo que o ajudará a ler mais é encontrar um bom lugar para ler. De preferência, deve ser um local tranquilo, sem distrações. Você poderia ler em sua cama, em uma cadeira ou sofá confortável, em um banco de parque e, claro, na biblioteca.

5. Elimine distrações

Certifique-se de eliminar quaisquer distrações que possam interferir na sua leitura – desligue a TV e coloque o smartphone no modo silencioso.

6. Leve um livro onde quer que você vá

Leve sempre consigo algum material de leitura, seja na forma de um livro físico ou de um e-book no seu smartphone ou leitor de e-books. Dessa forma, você poderá ler sempre que tiver oportunidade.

Isso permite que você passe aquelas pequenas pausas do dia lendo em vez de rolar o feed do Facebook ou Instagram.

Dados sobre leitura no Brasil

Segundo a 4ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil desenvolvida pelo Instituto Pró-Livro, Itaú Cultural e IBOPE Inteligência, com dados de 2019, o brasileiro tem uma média anual de 4,96 livros lidos por habitante.

De acordo com a pesquisa sobre a importância da leitura nos estudos, o Brasil tinha, em 2019, 100 milhões de leitores, ou 52% da população. Desse modo, são considerados leitores aqueles que tinham lido pelo menos um livro, mesmo que em parte, nos últimos 3 meses.

Assim, são 4,6 milhões a menos de leitores do que o registrado na pesquisa anterior, de 2015. Além disso, a pesquisa apontou que a falta de tempo é o principal fator que os entrevistados citaram para não lerem. Sem contar o alto preço dos livros no Brasil, que aumentou ainda mais nos últimos anos, e a falta de livrarias nas cidades.

Diante dessa perspectiva, a leitura enfrenta um grande desafio no panorama brasileiro. Entretanto, existem maneiras de superar essa realidade. Dessa forma, a escola e os professores têm um papel essencial para manter esse interesse pela leitura vivo quando as crianças se tornam adolescentes e começam a ter outros interesses.

Outro aspecto positivo, é o crescente número dos chamados “booktubers”, que cada vez mais funcionam como mediadores para as crianças e adolescentes mergulharem no universo da leitura.

Então, confira alguns influenciadores do Youtube que podem te influenciar na leitura:

1. Ler antes de morrer por Isabella Lubrano

2. Antofágica

3. Literature-se por Mel Ferraz

4. Beatriz Paludetto

5 Recomendações de leitura para 2024

Para começar 2024 da melhor forma, o CRIA recomenda 5 livros essenciais para iniciar o ano com um pé nos estudos. Apesar de serem cobrados nos vestibulares, esses livros também poderão aliviar aquele tédio das férias, já que abordam histórias relevantes e cheias de significado.

importancia da leitura nos estudos
Importância da leitura nos estudos: conheça 5 livros para ler em 2024 – Foto: Pexels

Então, confira abaixo a lista com 5 recomendações de leitura para 2024:

1. Quarto de despejo – Carolina Maria de Jesus

“Quarto de despejo” é um diário escrito por Carolina Maria de Jesus, uma mulher negra e moradora de uma favela em São Paulo. O livro data de 1955 e 1960, retratando sua vida e as condições precárias em que vivia.

Carolina Maria de Jesus vivia na favela do Canindé, em São Paulo, com seus três filhos. Então, o livro foi escrito a partir de anotações que ela fazia em cadernos encontrados no lixo, enquanto trabalhava como catadora.

Além disso, ela descreve vividamente as duras condições de vida na favela, como pobreza extrema, falta de saneamento básico, fome e violência. As condições precárias eram agravadas pela discriminação racial e pela falta de oportunidades para as mulheres negras na sociedade da época.

Carolina não hesita em criticar a sociedade que a marginaliza. Então, ela denuncia a desigualdade social, o racismo e a falta de oportunidades para os mais pobres. Seu diário é uma poderosa crítica social, dando voz aos marginalizados e expondo as contradições da sociedade brasileira.

Onde comprar?

2. Olhos D’Agua – Conceição Evaristo

É uma coletânea de contos escrita por Conceição Evaristo, uma renomada escritora brasileira, pesquisadora e ativista, conhecida por suas contribuições à literatura afro-brasileira e pelos temas sociais e culturais abordados em suas obras.

Desse modo, a obra aborda temas como racismo, desigualdade social, sexismo e as experiências de mulheres negras no Brasil. Os contos exploram as complexidades da vida nas periferias urbanas, destacando as vozes e as histórias daqueles que muitas vezes são marginalizados e esquecidos.

De modo geral, a obra não apenas conta histórias individuais, mas também faz uma crítica social profunda, destacando as injustiças e desigualdades que permeiam a sociedade brasileira. Nesse sentido, utiliza a literatura como uma ferramenta para a conscientização e a transformação social.

Onde comprar?

3. Dois irmãos – Milton Hatoum

É um romance do escritor brasileiro Milton Hatoum, publicado em 2000. Assim, a história se passa em Manaus e gira em torno das vidas da família de Halim e Zana, destacando especialmente o relacionamento complicado entre os irmãos gêmeos, Yaqub e Omar.

Desse modo, o romance se desenrola principalmente nas décadas de 1920 a 1980 em Manaus, uma cidade situada no coração da floresta amazônica. De modo geral, a história é marcada pela mistura de culturas, incluindo elementos árabes, indígenas e brasileiros.

Onde comprar?

4. Torto Arado – Itamar Vieira Júnior

É um romance do escritor brasileiro Itamar Vieira Júnior, publicado em 2019. Assim, a história se passa no sertão da Bahia e aborda temas como a cultura afro-brasileira, desigualdade social, conflitos de terra e as tradições do povo nordestino.

Além disso, a história também aborda os conflitos de terra enfrentados pelos trabalhadores rurais na região. Então, a luta pela posse da terra é um elemento central da narrativa, com os personagens enfrentando as consequências da desigualdade social e da exploração.

Em resumo, é uma obra que explora a complexidade das relações humanas, a luta por justiça social e as tradições culturais do povo nordestino, oferecendo uma narrativa rica e envolvente que reflete as realidades e mitologias do sertão brasileiro.

Onde comprar?

5. A Hora da Estrela – Clarice Lispector

É um romance da renomada escritora brasileira Clarice Lispector, publicado em 1977. Assim, o livro narra a história de Macabéa, uma mulher simples do nordeste do Brasil que busca uma vida melhor no Rio de Janeiro.

Solidão e marginalização:

Macabéa é retratada como uma personagem solitária e marginalizada, refletindo a condição de muitas pessoas na sociedade brasileira, especialmente as mais desfavorecidas.

A busca por identidade:

Tanto Macabéa quanto Rodrigo buscam compreender a própria identidade e existência. A narrativa explora questões existenciais, a natureza da escrita e a dificuldade de compreender o outro.

Contrastes sociais:

O livro aborda as disparidades sociais no Brasil, evidenciando as dificuldades enfrentadas por pessoas como Macabéa em um ambiente urbano hostil.

Onde comprar?

Aprimore sua escrita com o CRIA

Agora que você já aprendeu sobre a importância da leitura nos estudos, o CRIA pode ser a ferramenta ideal para esse processo. Mas o que é o CRIA?

Projetado para ser um corretor de redações baseado em inteligência artificial e processamento de linguagem natural, o CRIA é uma ferramenta útil e simples de utilizar.

Assim, ele utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Através do modelo, o CRIA realiza previsões de notas por competência, análise de contexto na introdução, previsão de defesa de tese, previsão de fuga ao tema, previsão de intervenção, uso de parônimas e homônimas, etc.

Quais são as funcionalidades do CRIA?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.
O CRIA, uma ferramenta de correção de redações com inteligência artificial, te ajuda a praticar para o ENEM — Vídeo: Reprodução.

Qual o passo a passo para utilizar o CRIA?

Após escolher o plano, seu acesso à plataforma será liberado. Então, você pode escolher um tema disponível no site ou enviar outro tema desejado.

Em seguida, escreva o texto na área indica e submeta para correção. Em até 2 minutos sua redação do ENEM estará corrigida conforme as 5 competências do ENEM.

Por fim, após realizar as correções indicadas, atualize a análise para obter um novo resultado.

inteligencia artificial para corrigir redacao
CRIA: corretor de redação por inteligência artificial — Foto: CRIA.

Acompanhe seu progresso

Após enviar as redações, é possível acessar outra ferramenta disponível para os alunos do CRIA: o gráfico com histórico de pontuação.

Assim, por meio dele, é possível visualizar de maneira clara as competências que precisam de mais atenção.

grafico de correcao de redacao interativo
Gráfico de correção de redação interativo — Foto: CRIA.

A quem o CRIA se destina?

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »