CRIA logo

Filmes sobre educação para citar no ENEM: lista completa!

Compartilhe

Os professores são os motores de transformação social através da educação, sendo profissionais fundamentais em nossa sociedade. Além disso, a educação é um direito universal, e todas as crianças brasileiras devem estar matriculadas em uma instituição de ensino. Por isso, é crucial conhecer filmes sobre educação para citar no ENEM.

A educação brasileira passou por tremendas mudanças durante a pandemia e isso continua refletindo na evasão escolar, que já era uma problemática. Pensando nisso, é essencial refletir à respeito do papel da educação na sociedade, principalmente como transformador social.

Por meio de livros, filmes é possível ter uma perspectiva dos problemas enfrentados pela educação e, além disso, observar seu poder na vida de muitos estudantes.

Para ilustrar essa questão de maneira mais didática, confira essa lista do CRIA de filmes sobre a educação para citar no ENEM. Boa leitura.

filmes sobre educacao para citar no enem
Filmes sobre educação para citar no ENEM: lista completa! – Fonte: Pexels

Qual a importância da educação?

Para a poeta Cora Coralina, “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” Assim, a importância do professor na educação é mais que importante, já que ele é o motor de transformação social pela educação. Desse modo, conheça alguns filmes sobre educação para citar no ENEM e demonstrar um bom repertório sociocultural.

A educação tem papel fundamental para a formação do cidadão e transformação da sociedade. Desse modo, a Constituição Federal Brasileira prevê:

Art. 205 da Constituição Federal – “A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.”  

Existem muitos desafios que a sociedade brasileira enfrenta para, de fato, alcançar esses objetivos e garantir esse direito a todos. Então, o papel do professor diante desse desafio é o agente de transformação.

Segundo a chefe de Educação do UNICEF no Brasil, Mônica Dias Pinto, “O País está diante de uma crise urgente na Educação. Há cerca de 2 milhões de meninas e meninos fora da escola, somente na faixa etária de 11 a 19 anos. Se incluirmos as crianças de 4 a 10 anos, o número certamente é ainda maior. E a eles se somam outros milhões que estão na escola, sem aprender, em risco de evadir. […].”

Todas essas questões devem fazer parte do repertório sociocultural dos candidatos do ENEM. Então, é preciso compreender as dificuldades do acesso à educação e o papel fundamental dos professores.

O que é repertório sociocultural?

Repertório sociocultural é o conjunto de conhecimentos que um candidato do Exame precisa ter sobre cultura, história, sociedade, literatura e atualidades – ou seja, sobre as mais diversas áreas do conhecimento.

Em outras palavras, o repertório é a experiência de mundo que carregamos conosco. Por isso, ele não se limita apenas a dados e estatísticas: as vivências e demais conhecimentos interdisciplinares do candidato também são válidos e importantes.

Então, veja alguns tipos de conhecimento que podem te ajudar na redação do ENEM:

  • Conhecimento científico: é adquirido através do método científico, que se baseia na observação empírica, coleta e análise de dados, formulação de hipóteses e testes empíricos. É um conhecimento sistemático, preciso e confiável;
  • Conhecimento filosófico: tem base na reflexão crítica sobre questões fundamentais da existência humana, como a natureza da realidade, da verdade, da moralidade, entre outras;
  • Conhecimento cultural: se baseia nas tradições, costumes, valores e crenças de uma sociedade ou grupo social específico. Além disso, são transmitidos por meio da educação e da vivência em comunidade.

Existem outros tipos de conhecimento, como o religioso. Contudo, a redação do ENEM possui um caráter mais objetivo e direto. Desse modo, eles podem não ser tão adequados.

Você também pode gostar de:

10 de filmes sobre educação para citar no ENEM

No contexto educacional, filmes têm o poder de transmitir mensagens impactantes, oferecer reflexões profundas e estimular debates sobre a importância da educação na sociedade.

Assim, o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), como uma prova que busca avaliar a capacidade crítica dos estudantes, reconhece a relevância de referências cinematográficas para embasar argumentações e ampliar o repertório cultural dos candidatos.

Nesse sentido, a análise de filmes sobre educação proporciona uma visão mais abrangente dos desafios, transformações e possibilidades enfrentadas no ambiente escolar. Então, confira essa lista completa de filmes sobre educação para citar no ENEM que o CRIA preparou:

1. “Sociedade dos Poetas Mortos” (1989)

Esse filme é considerado um clássico sobre educação. O longa metragem retrata a história de um professor de literatura que inspira seus alunos a pensarem de forma independente e a desafiar as convenções sociais, estimulando o amor pela poesia e a busca pelo autoconhecimento.

Onde assistir? Star+

2. “Preciosa: Uma História de Esperança” (2010)

O filme retrata a história de Claireece “Precious” Jones, uma adolescente negra e obesa que vive uma vida marcada pela pobreza, abuso emocional e sexual, além do analfabetismo.

Então, Precious encontra chance de transformação ao ingressar em uma escola alternativa, contando com o suporte de uma professora dedicada e um grupo de apoio.

Onde assistir? Prime Video

3. “O Sorriso de Mona Lisa” (2003)

O filme se passa na década de 1950 e retrata uma professora de arte que desafia as convenções da época e encoraja suas alunas a questionarem o papel das mulheres na sociedade. Assim, enfatiza a importância da autonomia e do empoderamento feminino.

Onde assistir? Google Play

4. “A Onda” (2009)

O enredo do filme gira em torno de um professor de ensino médio que decide realizar um experimento para ensinar aos seus alunos sobre autocracia. Ele cria um movimento chamado “A Onda” para demonstrar os mecanismos de poder e manipulação em um regime autoritário.

No entanto, o experimento sai de controle à medida que os alunos começam a se envolver demais e adotar atitudes extremas.

5. “Matilda” (1996)

Esse filme é icônico e em 2022 foi lançado um remake musical. De modo geral, o filme conta a história de Matilda Wormwood, uma garota inteligente e talentosa, porém negligenciada pelos pais e maltratada pela diretora da escola.

Onde assistir? Netflix

6. “Extraordinário” (2017)

O filme conta a história de August Pullman, um menino com uma condição facial rara que o levou a várias cirurgias e ao isolamento social. Assim, o longa metragem conta a jornada de Auggie ao ingressar em uma escola regular, enfrentando o preconceito, o bullying e os desafios de se encaixar em um ambiente novo.

Onde assistir? Netflix

7. “O Menino que Descobriu o Vento” (2019)

A história se passa em Malawi, um país africano que enfrenta uma severa crise de fome devido a uma seca prolongada. Desse modo, o protagonista, William Kamkwamba, é um jovem apaixonado por ciência e invenções que busca encontrar uma solução para ajudar sua família e comunidade.

Onde assistir? Netflix

8. “Quando sinto que já sei” (2014)

O documentário “Quando sinto que já sei” apresenta 10 iniciativas alternativas ao sistema convencional de ensino, com o objetivo claro de demonstrar que é viável adotar abordagens diferentes na educação.

Onde assistir? YouTube

9. “Entre os muros da Escola” (2008)

A trama gira em torno de um professor de francês, interpretado pelo próprio François Bégaudeau, que busca engajar seus alunos em debates e discussões sobre temas sociais e educacionais. Então, o filme aborda questões como diversidade cultural, desafios da educação, conflitos interculturais, relação professor-aluno e a complexidade do ambiente escolar.

Onde assistir? Prime Video

10. “O Aluno”

O filme “O Aluno – Uma Lição de Vida” se baseia em eventos reais e narra a história de Kimani Maruge, um queniano de 84 anos que está decidido a aproveitar sua última oportunidade de frequentar a escola. Assim, ele se une a crianças de seis anos de idade para aprender a ler e escrever.

Como melhorar o repertório sociocultural com o CRIA?

Melhorar o repertório sociocultural para o ENEM é importante, pois ajuda a compreender e analisar questões sociais, culturais e históricas presentes nas provas. Desse modo, o CRIA pode ser uma ferramenta poderosa para te auxiliar nesse processo.

Mas o que é o CRIA?

O CRIA é o resultado de anos de pesquisa e desenvolvimento, para entregar o algoritmo ideal. Assim, ele analisa em até 2 minutos e com grande precisão a redação do aluno, sempre se baseando nas 5 competências do ENEM.

Além disso, o banco de dados possui centenas de milhares de redações. Então, Ddsde zeradas até aquelas com nota mil, que são utilizadas como base para a IA entregar ao aluno uma descrição detalhada de onde errou, como pode arrumar e o porquê tal erro gera desconto de pontos no ENEM. 

E para quem é o CRIA?

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Se enquadra aqui? Acesse agora.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 3.9 / 5. Número de votos: 8

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »