CRIA logo

Como usar o ChatGPT para estudar para o ENEM? 6 dicas!

Compartilhe

Você sabe como usar o ChatGPT para estudar para o ENEM? A inteligência artificial pode ajudar na sua preparação. Confira.

O ChatGPT está revolucionando não apenas o mercado de trabalho, mas também a educação. Com tantas discussões e debates atuais, você sabe como usar o ChatGPT para estudar para o ENEM? Se utilizado com responsabilidade, ele pode ser uma grande ferramenta de estudos.

O mundo em que vivemos se transforma rapidamente pela tecnologia, e a educação não é uma exceção. As novas tecnologias podem fazer com que o aprendizado seja mais eficaz e personalizado, ao mesmo tempo em que permitem que mais alunos entrem em ambientes educacionais tradicionalmente limitados.

Nesse contexto, o ChatGPT, uma linguagem de inteligência artificial (IA) baseada em GPT-3.5, pode ser uma ferramenta poderosa na educação. Afinal, ele consegue entender e responder a perguntas em linguagem natural, permitindo uma interação rápida e eficaz entre professores e alunos.

Por meio dessa tecnologia, é possível elaborar um cronograma de estudos, criar resumos, solucionar exercícios e mais. Então, sua ampla capacidade de compreensão e de produzir texto fluente e natural o tornam uma ferramenta versátil e poderosa para interações de linguagem.

Assim, aprenda a como usar o ChatGPT para estudar para o ENEM com o CRIA. Boa leitura.

como usar o chatgpt para estudar enem
Usar o ChatGPT para estudar para o ENEM pode ajudar os candidatos a se organizar, tirar dúvidas e resolver exercícios de forma prática e rápida – Foto: Pexels.

O que é o Chat GPT?

As mudanças tecnológicas chegam rapidamente à sociedade e às escolas. O ChatGPT é um modelo de linguagem desenvolvido pela OpenAI que usa a arquitetura GPT (Generative Pre-trained Transformer).

Essa tecnologia, utilizada para o Chat GPT, é um modelo de linguagem de grande escala que pode processar grandes quantidades de dados e oferecer respostas rápidas e precisas a perguntas dos usuários.

A expressão da Inteligência Artificial (IA) remonta à década de 1950 e, desde então, ela tem ocupado nosso imaginário com histórias de ficção científica, aversão e resolução de problemas.

Desde filmes como Blade Runner (1982) até em séries como WestWorld (2016), muito se discutiu a respeito da interação entre humanos e a inteligência artificial. Assim, com a maior difusão após a abertura do ChatGPT, podemos acessá-la facilmente no nosso cotidiano. Com isso, muito se discute do papel do chatbot na educação.

Você também pode se interessar por:

6 dicas de como usar o ChatGPT para estudar para o ENEM

O ChatGPT pode ser uma ferramenta útil para a educação, pois auxilia os alunos a tirar dúvidas, oferece feedback personalizado e aumenta sua participação e motivação.

Então, confira os principais meios de utilizar o ChatGPT para estudar para o ENEM:

1. Feedback imediato:

O ChatGPT pode ser usado para oferecer feedback imediato aos alunos, ajudando-os a descobrir em quais pontos precisam melhorar. Um estudo de Bhattacharya e Jain (2021) descobriu que o uso de um chatbot educacional baseado em IA para fornecer feedback pode ajudar os alunos a escrever melhor em um curso de inglês.

Asim, veja o exemplo:

como usar o chatgpt para estudar enem
O uso do ChatGPT na educação apresenta uma série de questões éticas que devem ser consideradas, como privacidade e questões autoriais – Fonte: ChatGPT.

2. Buscar fórmulas mais rapidamente pelo ChatGPT:

Sabe quando bate aquele “branco” e você não se recorda qual fórmula utilizar em uma questão de Física, Matemática ou Química? Não se preocupe: você pode colocar a questão diretamente na página do ChatGPT e solicitar a fórmula mais adequada pode resolver esse tipo de dúvida.

Confira o exemplo:

chagpt para procurar formulas
O ChatGPT apresenta um grande potencial para ser utilizado como uma ferramenta pedagógica na educação.- Fonte: ChatGPT.

3. Crie um cronograma de estudos com o ChatGPT:

Um cronograma de estudos é uma estratégia para organizar um conjunto ordenado de atividades de aprendizagem, distribuídas em intervalos de tempo específicos. Assim, o ChatGPT pode ser um aliado para aquele estudante que não está se sentindo tão confiante em seu planejamento.

Desse modo, veja um exemplo:

ChatGPT para criar cronograma de estudos
 Elaborar um cronograma de estudos para o ENEM permite manter uma organização, produtividade e ainda diminuir o estresse e a ansiedade – Fonte: ChatGPT.

4. Tutoria, orientação e resolução de exercícios:

O ChatGPT pode ser usado como um tutor virtual, ajudando e orientando os alunos em suas atividades de aprendizado. Desse modo, essa solução pode auxiliar os alunos em suas tarefas oferecendo feedback e orientação personalizadas.

Assim, confira um exemplo:

como usar o chatgpt para estudar enem
Há muitas maneiras pelas quais a tecnologia pode ser aplicada para melhorar a experiência de aprendizado dos alunos – Fonte: ChatGPT.

5. Procurar questões do ENEM anteriores:

Quando estamos estudando um tópico específico, pode ficar difícil encontrar questões relacionadas ao tema. Entretanto, com o auxílio do ChatGPT, é possível automatizar esse processo e deixar todo o caminho mais fácil e rápido.

Então, veja o exemplo:

como usar o chatgpt para estudar enem
O uso indevido da tecnologia pode ser prejudicial e até mesmo perigoso para a sociedade – Fonte: ChatGPT.

6. Compreender tópicos essenciais das leituras obrigatórias:

Nem sempre é fácil fazer a leitura completa da lista de leituras obrigatórias de vestibulares. O ENEM especificamente não exige uma lista de obras obrigatórias, mas a necessidade de apresentar um bom repertório socio-cultural, prevê a leitura de muitas obras literárias e não literárias.

Desse modo, confira o exemplo:

como usar o chatgpt para estudar para o enem
O ChatGPT é um modelo de linguagem inteligente que usa o conhecimento que está disponível na internet para fornecer informações sobre uma ampla gama de tópicos – Fonte: ChatGPT.

Como utilizar o ChatGPT com responsabilidade?

O uso do ChatGPT na educação levanta uma série de questões éticas que devem ser consideradas. A professora doutora Renata Oliveira Santos aborda:

“Os benefícios, é a compreensão que existem diferentes caminhos para a educação, ela não se faz apenas em uma sala de aula física e nem diante de uma presencialidade física, ela se faz de inúmeras maneiras, com acesso e recursos infinitos. O maior desafio é educar as pessoas para o seu uso, como devemos educar para o uso das mídias e até mesmo para a leitura crítica.”

Além dessa questão ética, existem outros aspectos que também preocupam não somente os profissionais de educação, mas a sociedade como um todo. Segundo Jean Carlos da Silva Monteiro, podemos elencá-los da seguinte maneira:

1. Privacidade e segurança dos dados

Os dados que alimentam o ChatGPT e sua coleta, armazenamento e uso podem levantar questões éticas sobre a privacidade e segurança dos alunos. Assim, é fundamental garantir que o uso e a proteção dos dados dos estudantes sejam éticos e claros.

2. Vieses e preconceitos:

O ChatGPT é treinado em grandes conjuntos de dados, e os vieses e preconceitos podem ser replicados pelo modelo. Desse modo, para evitar a propagação de estereótipos e discursos de ódio, é fundamental garantir que o ChatGPT seja treinado com dados diversificados e representativos.

3. Responsabilidade e transparência:

Como o ChatGPT é uma tecnologia complexa, pode ser difícil entender como o modelo responde a perguntas e toma decisões. Assim, é fundamental que as empresas e organizações que usam o ChatGPT demonstrem transparência sobre como a tecnologia é usada e que sejam responsáveis pelas decisões tomadas pelo modelo.

4. Dependência tecnológica:

O ChatGPT pode ser uma ferramenta educativa útil, mas pode levar a uma dependência excessiva da tecnologia. Então, é necessário garantir que a plataforma seja utilizada como complemento aos estudos, e não como substituto para o ensino ou interação humana.

Como utilizar o CRIA nos seus estudos?

Agora que você já possui o caminho de como usar o ChatGPT para estudar para o ENEM, ele pode ser uma ferramenta interessante no processo de aprendizagem. Entretanto, ele sozinho não é capaz te guiar todos os estudantes. Assim, pensando nisso, o CRIA pode te ajudar.

Mas o que é o CRIA?

É projetado para ser um corretor de redações baseado em inteligência artificial e processamento de linguagem natural, o CRIA é uma ferramenta útil e simples de ser utilizada.

Assim, ele usa modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Através do modelo, o CRIA realiza previsões de notas por competência, análise de contexto na introdução, previsão de defesa de tese, previsão de fuga ao tema, previsão de intervenção, além disso, o uso de parônimas e homônimas, etc.

Quais são as funcionalidades do CRIA?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.

Qual o passo a passo para utilizar o CRIA?

Após escolher o plano, seu acesso à plataforma será liberado. Então, basta escolher um tema disponível no site ou enviar outro tema desejado.

Em seguida, escreva o texto na área indica e submeta para correção. Em até 2 minutos, sua redação do ENEM estará corrigida conforme as 5 competências do exame.

Por fim, após realizar as correções indicadas, atualize a análise para obter um novo resultado.

inteligencia artificial para corrigir redacao
CRIA: corretor de redação por inteligência artificial — Foto: CRIA.

Acompanhe seu progresso

Após enviar as redações, é possível acessar outra ferramenta disponível para os alunos do CRIA: o gráfico com histórico de pontuação.

Assim, por meio dele, é possível visualizar de maneira clara as competências que precisam de mais atenção.

grafico de correcao de redacao interativo
Gráfico de correção de redação interativo — Fonte: CRIA.

A quem o CRIA é destinado?

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »