CRIA logo

Como solicitar a reaplicação do ENEM? Descubra!

Compartilhe

Existem casos e possibilidades de reaplicação da prova do ENEM. O INEP avalia caso por caso antes de oferecer a opção ao candidato. Saiba mais!

Como solicitar a reaplicação do ENEM? Se você perdeu a prova, seja o primeiro ou segundo dia, ainda nem tudo está perdido. Existem algumas regras para solicitar a reaplicação do ENEM e o INEP analisa caso a caso.

Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é considerado uma das maiores provas do Brasil em termos de participação e abrangência. Então, desde a sua criação, tornou-se o principal exame de avaliação do ensino médio no país, sendo aplicado anualmente a milhões de estudantes.

Além disso, o exame é utilizado como ferramenta de acesso ao ensino superior, servindo como critério de seleção para ingresso em universidades públicas e privadas.

Assim, se você perdeu algum dia da prova ou todos os dias, é possível solicitar a reaplicação do exame. Entretanto, cabe ressaltar que o INEP analisa caso a caso e prevê apenas algumas situações que garantem a reaplicação.

Então, confira como solicitar a reaplicação do ENEM e tire todas as suas principais dúvidas com o CRIA. Continue conosco e boa leitura.

como solicitar a reaplicacao do enem
Estudantes de diferentes origens socioeconômicas têm a chance de concorrer a vagas em instituições de ensino superior com a prova do ENEM – Foto: Pexels.

Como solicitar a reaplicação do ENEM?

O pedido de reaplicação do ENEM deve ser submetido exclusivamente pela Página do Participante e deve ser acompanhado de documentação que comprove o motivo da solicitação.

Assim, o INEP avaliará cada caso de forma independente. Então, se você perdeu apenas um dia de aplicação e compareceu regularmente no outro dia, você pode solicitar a reaplicação do dia em que não fez a prova.

Você também pode se interessar por:

Quem pode solicitar a reaplicação do ENEM?

A solicitação de reaplicação do ENEM se destinada a candidatos que enfrentaram algum tipo de problema logístico ou de infraestrutura durante a realização da prova, o que prejudicou seu desempenho.

Assim, os casos em que a reaplicação pode ser solicitada incluem:

  1. Desastres naturais que comprometam a infraestrutura do local de prova;
  2. Falhas de energia elétrica que impeçam a realização adequada da prova;
  3. Problemas logísticos, como entrega equivocada de prova ou erro na impressão do caderno de questões;
  4. Outros eventos graves e imprevisíveis que comprometam a realização do exame.

Além disso, pessoas privadas de liberdade e adolescentes sob medida socioeducativa que estiverem impossibilitados de realizar o ENEM na data regular também têm direito à reaplicação.

Quem não pode solicitar a reaplicação?

Há algumas situações em que os candidatos não podem solicitar a reaplicação do ENEM. Assim, as principais situações em que não se permite a reaplicação, incluem:

  1. Ausência não justificada: os candidatos que faltaram ao exame sem motivo justificado não têm direito à reaplicação;
  2. Problemas pessoais: problemas pessoais ou individuais que não estejam relacionados a questões logísticas ou de infraestrutura durante a aplicação da prova geralmente não são considerados elegíveis para reaplicação;
  3. Falta de documentação comprobatória: para solicitar a reaplicação do ENEM, é necessário enviar documentação comprobatória que justifique o motivo da solicitação, como laudos médicos ou declarações de autoridades competentes. Desse modo, caso não haja documentação adequada, a reaplicação pode ser negada;
  4. Problemas técnicos pessoais: não se considera problemas técnicos ou falhas de equipamentos individuais, como computadores ou conexão de internet como elegíveis para reaplicação.

Desse modo, é importante ressaltar que cada caso é avaliado individualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), órgão responsável pela organização do ENEM.

Portanto, a decisão final sobre a elegibilidade para a reaplicação se baseia nos critérios estabelecidos pelo órgão.

Quem perdeu o primeiro dia do ENEM pode fazer o segundo?

Os candidatos que perderam o primeiro dia do ENEM podem participar do segundo dia de provas. Porém, perderão a oportunidade de responder às questões e realizar a redação do primeiro dia.

Eles não poderão recuperar ou fazer as provas do primeiro dia em outra data, ou local. Isso quer dizer que a nota final servirá apenas como autoavaliação e não poderá ser usada em processos seletivos para ingresso no ensino superior.

Como é a prova de reaplicação?

A prova de reaplicação segue o mesmo formato e conteúdo da prova regular do ENEM. Nesse sentido, a avaliação se compõe por 4 áreas de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias.

Além disso, a clássica prova de redação, buscando não apenas medir a habilidade do candidato em comunicar-se, mas também a sua destreza no uso apropriado dos recursos linguísticos.

Aprimore sua escrita com o CRIA

Agora que você compreendeu como solicitar a reaplicação do ENEM, é hora de praticar. Com isso, o CRIA pode te ajudar. Mas o que é o CRIA?

Projetado para ser um corretor de redações baseado em inteligência artificial e processamento de linguagem natural, o CRIA é uma ferramenta útil e simples de utilizar.

Assim, ele utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Então, através do modelo, o CRIA realiza a correção das redações seguindo os parâmetros gerais cobrados por diversos vestibulares.

cria
Agora o CRIA corrige suas redações de todos os vestibulares – Fonte: CRIA.

Quais são as funcionalidades do CRIA?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.
O CRIA, uma ferramenta de correção de redações com inteligência artificial, te ajuda a praticar para o ENEM — Vídeo: Reprodução.

Qual o passo a passo para utilizar o CRIA?

Após escolher o plano, seu acesso à plataforma será liberado. Então, você pode escolher um tema disponível no site ou enviar outro tema desejado.

Em seguida, escreva o texto na área indica e submeta para correção. Em até 2 minutos sua redação do ENEM estará corrigida conforme as 5 competências do ENEM.

Por fim, após realizar as correções indicadas, atualize a análise para obter um novo resultado.

inteligencia artificial para corrigir redacao
CRIA: corretor de redação por inteligência artificial — Foto: CRIA.

Acompanhe seu progresso

Após enviar as redações, é possível acessar outra ferramenta disponível para os alunos do CRIA: o gráfico com histórico de pontuação.

Assim, por meio dele, é possível visualizar de maneira clara as competências que precisam de mais atenção.

grafico de correcao de redacao interativo
Gráfico de correção de redação interativo — Fonte: CRIA.

A quem o CRIA se destina?

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »