CRIA logo

Como é a redação da UFPR? Conheça a 2ª fase!

Compartilhe

A redação da UFPR consiste na escrita de 3 respostas na estrutura dissertativa-argumentativa. Descubra aqui como fazer.

Como é a redação da UFPR? Diferente dos demais vestibulares, a prova conta com a segunda fase discursiva, em que os candidatos precisam redigir 3 respostas na estrutura dissertativa-argumentativa. Além disso, as resoluções podem chegar até 15 linhas, a depender do comando de produção.

A Universidade Federal do Paraná (UFPR) é uma das mais antigas e prestigiadas instituições de ensino superior do Brasil. Fundada em 1912, a UFPR desempenha um papel fundamental na educação, pesquisa e extensão, contribuindo significativamente para o desenvolvimento acadêmico e científico do país.

Um dos concursos mais concorridos do estado é o da Universidade Federal do Paraná, que, na edição de 2023 (para ingresso em 2024) contou com 36.160 participantes. Assim, ela oferece uma ampla variedade de cursos de graduação e pós-graduação em áreas como Ciências Exatas, Humanas, Biológicas, Tecnológicas, Saúde e Artes.

Mas como é a redação da UFPR? A avaliação diverge dos principais vestibulares, já que pode exigir uma grama de gêneros textuais. Não raro, muitos alunos apresentam dificuldades em produzir textos, causadas principalmente pela interpretação inadequada (ou não compreensão) dos textos motivadores e pela dificuldade de estabelecer relações entre diferentes textos.

Assim, confira esse guia completo do CRIA para entender como é a redação da UFPR. Continue conosco e boa leitura.

como e a redacao da ufpr
Como é a redação da UFPR? Conheça tudo sobre a segunda fase do vestibular! – Foto: Pexels

Como é a redação da UFPR?

Diferente de outros vestibulares e até mesmo do ENEM, a UFPR conta com uma prova de produção de texto que consiste em 3 questões dissertativas.

Cada uma dessas questões baseia-se em um texto diferente, e o comando da pergunta exigirá que você crie um relato, um resumo, um texto dissertativo-argumentativo ou qualquer outro tipo de texto a partir da leitura dos materiais de apoio.

Assim, os textos solicitados podem mudar a cada ano, mas você deve ler atentamente às instruções e permanecer fiel ao tema ou gênero sugerido.

Além disso, é preciso ter em mente que, embora seja necessário criar textos discursivos, esses não serão tão extensos quanto uma redação típica para o ENEM.

Para escrever uma redação, você tem 30 linhas para dissertar abertamente sobre o assunto. Entretanto, as respostas da prova da UFPR serão mais curtas, com apenas 15 linhas para cada resolução. Isso se deve ao fato de que você não será obrigado a fazer não apenas um, mas 3 textos diferentes.

Você também pode se interessar por:

Quais são os critérios de correção da redação da UFPR?

A linguagem cobrada na escrita da redalçai da UFPR é formal, conforme norma culta. Um fator importante é o contexto em que se dá a produção da dissertação.

No vestibular, a redação é sempre uma avaliação. Por isso, deve-se pensar no convencimento da banca julgadora, na limitação de linhas, nas orientações próprias do comando de produção e no tempo disponível para elaborar esse texto.

Assim, segundo o programa oficial de provas, o objetivo é avaliar a capacidade de produção de textos de diferentes gêneros textuais, atendendo aos seguintes aspectos:

  • Fidelidade ao que propõe a questão, o que requer também domínio de leitura de texto(s) que serve(m) de base;
  • Organização global e coerência do texto;
  • Uso adequado de recursos coesivos;
  • Domínio da língua culta contemporânea: normas de concordância, regência e colocação pronominal, além de uso de vocabulário adequado;
  • Legibilidade do texto e respeito às normas ortográficas em vigor.

Qual a diferença entre a redação da UFPR e do ENEM?

De modo geral, a prova de produção de textos da UFPR não se assemelha em nada com o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

ENEM

A primeira edição do ENEM foi em 1998 e muita coisa mudou desde então. Embora o gênero textual solicitado continue o mesmo, a proposta de redação sofreu algumas alterações. Assim, atualmente, é comum que a prova ofereça textos motivadores e o tema para guiar os candidatos.

Então, os alunos têm acesso a materiais de apoio para a redação do ENEM, que podem incluir charges, tirinhas, infográficos, imagens, fotografias e outros recursos. Além disso, dispõe de uma frase temática, que define o recorte de conteúdo exigido pela banca examinadora sobre o tema da prova.

Os textos de apoio são extensos porque são compostos de materiais maiores, e podem ser obtidos de várias fontes, como revistas, sites, blogs e jornais. Não é necessário citar e nem se deve copiar os textos de apoio, mas é importante fazê-los “bem uso”.

Todos os exames vestibulares, como o ENEM, são avaliados por bancas examinadoras. Assim, elas trabalham a partir de grades de correção, constituídas por padrões gerais, para que o processo de correção das redações seja justo, transparente e o mais objetivo possível.

No caso do ENEM, essa grade de correção é amplamente divulgada, sendo mais conhecidas como as 5 competências do ENEM. Então, funciona como um guia para os participantes, pois já sabem quais critérios serão avaliados na redação.

UFPR

A melhor maneira de entender como funciona a prova de compreensão e produção textual da UFPR é conferir as provas anteriores. Isso garante que o candidato entenda os tipo de textos exigidos e as temáticas dos textos de apoio.

Todos os anos, existem um padrão de gêneros textuais cobrados. Assim, alguns dos formatos que já apareceram em provas passadas são:

  1. Resumo
  2. Dissertação Argumentativa
  3. Análise de Charge
  4. Análise de Tira
  5. Interpretação de Infográfico
  6. Narrativa
  7. Carta
  8. Discurso

Além disso, a correção é realizada pela banca oficial de correção e utiliza suas próprias características, bem diferente das competência exigidas no ENEM.

Como funciona o vestibular da UFPR?

O concurso compreende, para a maioria dos cursos, 2 fases.

Assim, a primeira fase do PS-UFPR consiste em uma prova de conhecimentos gerais, composta por 90 questões objetivas e de múltipla escolha, abrangendo os conhecimentos do Programa Oficial das Provas, relacionados a todos os cursos.

Cada questão da prova de conhecimentos gerais vale 1 ponto (ou seja, no total a prova vale 90 pontos) e segue o formato de múltipla escolha, com 5 alternativas cada.

1ª Fase:

As questões da prova de conhecimentos gerais distribuem-se da seguinte forma:

  • 9 questões de cada uma das seguintes disciplinas: Matemática, Física, Química, Biologia, Geografia e História;
  • 8 questões sobre Língua Estrangeira Moderna (de acordo com o idioma escolhido na inscrição: Alemão, Espanhol, Francês, Inglês, Polonês, Japonês ou Italiano);
  • 18 questões de Português, sendo 12 sobre o uso da Língua Portuguesa e 6 relacionadas ao conteúdo de Literatura Brasileira;
  • 5 questões de cada uma das seguintes disciplinas: Filosofia e Sociologia.

2ª Fase:

Na segunda fase, de conhecimentos específicos, há a realização de provas com questões abertas, conforme a especificidade do curso pretendido, além da prova de Compreensão e Produção de Textos, cuja obrigatoriedade estende-se a todos os candidatos do concurso.

A média obtida nessa prova, na composição da nota final, agrega mais pontos do que a prova de conhecimentos específicos.

Já a segunda fase da UFPR é aplicadas em 2 etapas, sendo elas:

  • Compreensão e Produção de textos: três questões discursivas
  • Provas Específicas: sete questões discursivas por prova (cada curso pode cobrar até duas provas específicas).

Calendário vestibular UFPR 2024

  • Inscrições: 01/06 a 23/08/2023
  • Solicitação de isenção da taxa de inscrição: 01/06/2023 a 14/07/2023
  • Pagamento da taxa de inscrição: até 31/08/2022
  • Aplicação da Prova da 1ª Fase: 22/10/2023
  • Divulgação do Resultado da 1ª Fase: 08/11/2023
  • Aplicação da Prova da 2ª Fase: 03/12/2023
  • Prova de Habilidades Específicas: 04/12/2023
  • Divulgação do Resultado Final: 19/01/2024

Exemplos de questões discursivas UFPR 2023

A partir de tantas informações sobre como é a redação da UFPR, confira alguns exemplos de questões cobradas em 2023.

Questão discursiva 01

Leia a seguir os parágrafos iniciais de uma crônica de Juliano Martinz.

Infinito passivo

Tinha um estranho hábito: acordava, pegava o celular e tirava uma foto do seu rosto amarfanhado recém-amanhecido. Nem se dava ao trabalho de avaliar o grotesco resultado. Apenas descarregava a foto no computador, na pasta ENVELHECENDO DORMINDO. Nunca fez questão de examinar se havia vermelhidões, remelas amareladas ou esbranquiçadas, ou qualquer outra marca deixada pelo travesseiro encharcado de saliva. Apenas o registro. E lhe bastava. Certo dia, o tédio lhe fincando adagas no peito, abriu a pasta ENVELHECENDO DORMINDO. Ali havia 328 fotos tiradas nos últimos 328 dias. Ideia tosca ou não, era um rapaz fiel aos seus propósitos.

Disponível em: https://corrosiva.com.br/author/juliano-martinz/.
Escreva um ou dois parágrafos, dando continuidade à crônica de Martinz, sem necessariamente concluí la.

Seu texto deverá:

  • Apresentar uma articulação clara e consistente com os parágrafos iniciais;
  • Introduzir informações novas, que garantam a progressão no tratamento do tema;
  • Ter de 10 a 12 linhas;
  • Respeitar as características discursivo-formais do gênero solicitado.

Questão discursiva 02

Leia o seguinte texto:

O fenômeno dos podcasts

Para quem ainda não conhece, o podcast é um material de comunicação em formato de áudio. Provavelmente você já deve ter se deparado com um podcast em alguma plataforma como Instagram, Tiktok, Spotify, Deezer e Youtube. Esse tipo de conteúdo vem tomando um espaço enorme e gerando entretenimento e difundindo informação com entrevistas descontraídas, sérias, polêmicas sobre diversos assuntos, como tecnologia, arte, cultura, economia, notícia, literatura, música, entre outros. O podcast, ou vídeocast (quando o conteúdo é difundido em forma de vídeo), assemelha-se à rádio em muitos aspectos, mas a grande diferença é que não é transmitido em direto e fica disponível online para que as pessoas possam ouvir quando quiserem. Outra diferença é que, na maioria das plataformas, o conteúdo é agrupado por temas, com títulos e descrições, o que permite que o ouvinte escolha o conteúdo de seu interesse.
[…]
Além do fator quarentena, outro motivo encontrado para o aumento significativo na produção e consumo de podcasts foi a emergência de diversas vozes exprimindo-se sobre diversos assuntos. Pessoas comuns, que não possuam ou não tenham fácil acesso a rádios ou emissoras de tv, podem difundir suas ideias, seus pensamentos, através da distribuição de arquivos de áudio e vídeo pela Internet.
[…]

Adaptado de: https://gazetadasemana.com.br/noticia/86200/o-fenomeno-dos-podcasts.

Escreva um texto argumentativo no qual você apresente e desenvolva as razões pelas quais os podcast têm ganhado forte adesão entre os usuários de mídias. Seu texto deverá:

  • Apresentar e desenvolver, no mínimo, dois argumentos para essa adesão;
  • Ter de 10 a 12 linhas;
  • Respeitar as características discursivo-formais do gênero solicitado.

Aprimore sua escrita com o CRIA

Agora que você já sabe como é a redação da UFPR, é hora de se preparar. Com isso, o CRIA pode te ajudar. Mas o que é o CRIA?

Projetado para ser um corretor de redações baseado em inteligência artificial e processamento de linguagem natural, o CRIA é uma ferramenta útil, isto é, simples de utilizar.

Assim, ele utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Através do modelo, o CRIA realiza a correção das redações seguindo os parâmetros gerais cobrados por diversos vestibulares.

correcao cria
Agora o CRIA corrige suas redações de todos os vestibulares – Foto: CRIA.

Quais são as funcionalidades do CRIA?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.
O CRIA, uma ferramenta de correção de redações com inteligência artificial, te ajuda a praticar para o ENEM — Vídeo: Reprodução.

Qual o passo a passo para utilizar o CRIA?

Após escolher o plano, seu acesso à plataforma será liberado. Então, você pode escolher um tema disponível no site ou enviar outro tema desejado.

Em seguida, escreva o texto na área indica e submeta para correção. Em até 2 minutos sua redação do ENEM estará corrigida conforme as 5 competências do ENEM.

Por fim, após realizar as correções indicadas, atualize a análise para obter um novo resultado.

inteligencia artificial para corrigir redacao
CRIA: corretor de redação por inteligência artificial — Foto: CRIA.

Acompanhe seu progresso

Após enviar as redações, é possível acessar outra ferramenta disponível para os alunos do CRIA: o gráfico com histórico de pontuação.

Assim, por meio dele, é possível visualizar de maneira clara as competências que precisam de mais atenção.

grafico de correcao de redacao interativo
Gráfico de correção de redação interativo — Foto: CRIA.

A quem o CRIA se destina?

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »