CRIA logo

Estrutura do artigo de opinião: elementos essenciais!

Compartilhe

O artigo de opinião possui uma estrutura básica, que você precisa conhecer para se preparar para os exames vestibulares.

A estrutura do artigo de opinião é organizado por uma introdução, desenvolvimento e conclusão. Entretanto, existem especificidades para cada um dos gêneros textuais. Por isso, conhecer a estrutura do artigo de opinião é essencial para os candidatos de provas vestibulares.

O artigo de opinião é um gênero textual geralmente veiculado em revistas e jornais. Assim, é através dele que escritores de diversos ramos dão sua opinião a respeito de temas da atualidade e relevantes.

Além disso, é um gênero solicitado por vestibulares, sendo um tipo de redação comum em muitos exames, principalmente os que exigem redação como parte da avaliação do candidato.

Nesse sentido, o CRIA elaborou esse conteúdo completo com a estrutura do artigo de opinião. Continue conosco até o final e boa leitura.

estrutura do artigo de opiniao
Conheça a estrutura do artigo de opinião — Fonte: Pexels.

O que é o artigo de opinião?

O artigo de opinião é um tipo de texto que usa argumentação para analisar, avaliar e dar uma resposta a uma questão controversa. Assim, ele apresenta a opinião de um articulista, que pode ou não ser um expert no assunto em questão.

Em geral, aborda um assunto atual de natureza social, econômica, política ou cultural, relevante para os leitores. Além disso, o foco do gênero é mais a análise e a posição do autor do que a apresentação dos acontecimentos sociais em si.

Desse modo, o artigo de opinião é um tipo de discurso em que as pessoas tentam persuadir outras pessoas sobre um conceito específico, influenciando e alterando suas crenças por meio de defender uma posição e refutar possíveis críticas.

Nesse sentido, é um processo que prevê uma operação constante de sustentação das afirmações, realizada por meio da apresentação de dados consistentes.

Você também pode se interessar por:

Qual a estrutura do artigo de opinião?

O artigo de opinião é um texto dissertativo-argumentativo, a grande diferença é que a opinião é expressa de maneira explícita. Isso permite que os autores compartilhem suas opiniões, análises e pontos de vista sobre uma variedade de temas.

Vamos observar a estrutura completa:

Introdução

A introdução de um artigo de opinião é fundamental para atrair o leitor e apresentar o tema, bem como a posição do autor sobre o assunto. Trata-se de um componente essencial do texto, que deve ser bem elaborado para cativar o público desde o início.

Além disso, ela possui uma estrutura típica em um artigo de opinião:

  1. Contextualização: apresenta o tema ou questão a ser discutido de forma geral, colocando-o em contexto atual e destacando sua importância;
  2. Declaração de tese: descreve objetivamente e claramente a perspectiva do autor sobre o tema, que será defendida no artigo;
  3. Argumento inicial: dá uma ideia do que será desenvolvido nos parágrafos seguintes e apresenta um argumento ou justificativa breve que sustente a posição do autor.

Desenvolvimento

A parte mais importante desta subdivisão é desenvolver um artigo de opinião. Aqui, o autor apresenta suas ideias, sustenta sua posição e tenta persuadir o leitor de que suas opiniões são verdadeiras.

Assim, o desenvolvimento contém os pontos de vista, exemplos, dados, evidências e justificativas principais que sustentam a tese apresentada na introdução.

A estrutura recomendada para escrever o desenvolvimento é:

  1. Parágrafos temáticos: organize o desenvolvimento em parágrafos que abordem uma questão específica da tese. Então, comece cada parágrafo com uma frase que apresente o tema. Em seguida, construa o argumento e inclua exemplos e evidências para sustentar a sua opinião;
  2. Citações e referências: inclua citações ou referências a fontes confiáveis que corroborem os argumentos apresentados. Isso ajuda a aumentar a credibilidade do seu artigo;
  3. Coerência e organização: crie argumentos e mantenha uma estrutura lógica e coesa. Assim, as ideias devem fluir de forma natural, e uma linha de raciocínio clara deve ser criada por cada parágrafo conectado ao seguinte;
  4. Consideração de contrapontos: reconheça diferentes perspectivas e possíveis críticas à sua opinião. Após isso, defenda-os de maneira persuasiva, mostrando por que sua posição é mais forte;
  5. Uso de recursos linguísticos: crie relações entre as ideias e garanta que o texto seja fluido, use recursos linguísticos como conectivos;
  6. Parágrafo de transição: na conclusão, pode ser útil fazer um parágrafo de síntese que resuma os principais argumentos apresentados.

Dicas extra:

  • Mantenha-se concentrado nos pontos-chave e não divague;
  • Seja objetivo e claro em seus comentários;
  • Para ilustrar suas ideias e torná-las mais acessíveis ao leitor, use exemplos práticos;
  • Revise o texto para eliminar redundâncias e garantir que os parágrafos estejam coesos entre si;
  • Não se esqueça de basear seus argumentos em fontes comprovadas.

Conclusão

A conclusão de um artigo de opinião é o encerramento do texto. Aqui, o autor retoma os pontos principais abordados no desenvolvimento e reforça sua posição. Além disso, recomenda-se que você destaque os argumentos mais pertinentes e convincentes, que sustentam e afirmam seu ponto de vista.

Então, este é o momento ideal para concluir o texto de maneira impactante e que deixe uma impressão duradoura no leitor ou na banca corretora de texto. Assim, abaixo está uma estrutura sugerida e algumas dicas sobre como escrever uma conclusão bem escrita:

Estrutura sugerida para a conclusão de um artigo de opinião:

  1. Recapitulação dos argumentos: resumo breve dos principais argumentos sobre o desenvolvimento. Descreva os pontos principais de forma objetiva e compreensível;
  2. Reforço da tese: enfatize a importância da opinião defendida e os benefícios de aceitá-la para reforçar sua posição;
  3. Apelo à ação: incentive o leitor a pensar sobre o assunto e, se for necessário, tomar medidas específicas em relação ao assunto. Essa ação pode ser mudar de comportamento, se engajar em causas relacionadas ao assunto ou buscar mais informações sobre o assunto.
  4. Conclusões: coloque uma mensagem duradoura ou provocativa no final do artigo e escreva uma declaração que resuma o propósito do texto.

Dicas extra:

  • Seja conciso e evite introduzir novos argumentos ou informações na conclusão;
  • Reforce a importância da sua posição de maneira persuasiva e confiante;
  • Utilize uma linguagem impactante e inspiradora para despertar emoções no leitor;
  • Finalize o artigo com uma frase ou ideia que resuma a mensagem central do texto;
  • Evite ser agressivo ou desrespeitoso em relação a opiniões opostas; em vez disso, busque promover o diálogo e o entendimento mútuo.

Resumindo a estrutura do artigo de opinião:

estrutura do artigo de opiniao
Resumo da estrutura do artigo de opinião — Fonte: CRIA.

Quais são os vestibulares que cobram artigo de opinião?

Podemos dizer que todos os vestibulares e exames valorizam a habilidade dos candidatos em expressar suas opiniões de forma persuasiva e fundamentada. Assim, por meio da análise desses vestibulares, compreendemos a importância de conhecer a estrutura do artigo de opinião.

Então, como um meio de avaliar a capacidade dos futuros universitários em comunicar suas ideias e participar ativamente do debate de questões relevantes para a sociedade. Desse modo, confira os principais vestibulares que podem cobrar esse gênero textual:

Exemplo de artigo de opinião

O objetivo do artigo de opinião é apresentr um ponto de vista expondo idéias pessoais através da escrita, com intenções de convencer seus leitores. Ou no caso da redação do vestibular, a banca corretora.

Nesse sentido, confira um exemplo real de artigo de opinião:

Vale a pena investir em prevenção para evitar o bullying – Ana Cássia Maturano

Esse tipo de violência tem acontecido muito em ambiente escolar. Há versões modernas como o cyberbullying, que são agressões via internet ou celular. Reprimi-lo, como a escola e a Justiça tentaram fazer, terá pouca chance de provocar uma transformação. Na verdade, a repressão impede uma mudança efetiva.

Apesar desses atos serem frequentes, pouco espaço tem existido nas escolas para reflexão, havendo apenas ações repressivas quando eles vêm à tona. Ora, o ser humano tem um lado agressivo e negá-lo ou colocá-lo no fundo de um poço não impedirá sua manifestação. Pelo contrário, poderá dar-lhe forças.

As ações escolares para combater o bullying devem ser no sentido de preveni-lo, onde mais que seguir uma conduta, o aluno possa dar sentido à ela, considerando a si e ao outro parte do mundo. Quando algo é questionado e pensado, propicia a tomada de consciência de sua dimensão e importância. O outro poderá ser visto como alguém que também tem sentimentos.

Um trabalho nesse sentido deve fazer parte do dia a dia de uma escola e envolver a família dos alunos. Muito do que somos e como nos expressamos tem sua origem lá. É necessário que ambos ajudem os jovens a se construir como pessoas, não só no que aprendem, mas como agem.

Trecho de artigo de opinião escrito por Ana Cássia Maturano, psicóloga e psicopedagoga. Publicado no portal G1 (Educação), 27/05/2010.

Dúvidas frequentes sobre a estrutura do artigo de opinião:

1. Qual é a função da introdução em um artigo de opinião?

A função da introdução em um artigo de opinião é oferecer uma contextualização ao leitor, apresentando o tema ou questão sobre a qual o artigo irá discutir.

Além disso, a introdução delimita o escopo do artigo, definindo quais aspectos específicos do tema serão abordados e quais serão deixados de lado.

2. Qual a diferença entre o artigo de opinião e o texto dissertativo argumentativo?

Embora o artigo de opinião e o texto dissertativo-argumentativo serem textos cobrados em vestibulares, elas possuem características bem diferentes entre si. Assim, confira abaixo um resumo sobre:

Artigo de OpiniãoTexto Dissertativo Argumentativo
Objetivo:Expressar o ponto de vista pessoal do autorDiscutir um tema de forma objetiva
Estrutura:Estrutura mais livreEstrutura mais rígida
Abordagem dos argumentos:Os argumentos podem ser baseados em experiências pessoais, opiniões de especialistas ou fatosOs argumentos são baseados em fatos, dados, exemplos e citações de autoridades
Persuasão vs. exposição objetiva:Busca persuadir o leitor e provocar uma resposta emocional ou reflexivaBusca expor argumentos de forma objetiva e convincente, utilizando raciocínio lógico

3. O que não pode faltar em um artigo de opinião?

Em um artigo de opinião, alguns elementos são essenciais para garantir sua eficácia e coerência. Nesse sentido, o autor deve apresentar claramente sua tese ou ponto de vista sobre o tema em questão.

Isso se deve ao fato da essência desse gênero textual ser opnativa, ou seja, se basear na declaração central do autor.

Como utilizar o CRIA na sua estratégia de estudos?

Agora que você já sabe qual é a estrutura do artigo de opinião, o CRIA pode ser a ferramenta ideal para esse processo. Mas o que é o CRIA?

O CRIA é um corretor de redação por inteligência artificial que utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Além disso, o CRIA realiza previsões de notas por competência, análise de contexto na introdução, previsão de defesa de tese, previsão de fuga ao tema, previsão de intervenção, uso de parônimas e homônimas, etc.

O que o CRIA faz por você?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes