CRIA logo

Análise de redação pré-vestibular online grátis

Compartilhe

O CRIA fornece a análise de redação pré-vestibular online grátis de forma quase instantânea para facilitar a sua rotina de estudos para ENEM e outros vestibulares.

Já pensou receber uma análise de redação pré-vestibular online grátis? Algumas plataformas, como o CRIA, oferecem versões gratuitas que te auxiliam na jornada de estudos para ENEM e outros vestibulares.

Com o crescente acesso à internet e a busca por formas eficazes de preparação para o vestibular, a análise de redação pré-vestibular online grátis surge como uma ferramenta valiosa para os estudantes.

Nesse sentido, plataformas digitais oferecem uma variedade de recursos e serviços, desde a correção de textos por meio de algoritmos até a avaliação por professores especializados, tudo sem custo algum.

Assim, permite-se que os candidatos recebam feedback imediato sobre suas redações, identificando pontos fortes e áreas de melhoria para aprimorar suas habilidades de escrita para ENEM e vestibulares.

Então, confira agora como funciona a análise de redação pré-vestibular online grátis do CRIA. Continue conosco e boa leitura.

analise de redacao pre-vestibular online gratis
A análise de redação pré-vestibular online gratuita pode beneficiar os estudantes, oferecendo feedbacks valiosos para melhorar seu desempenho na prova de redação – Foto: Freepik.

Análise de redação pré-vestibular online grátis: como funciona?

Garantir a pontuação máxima na redação se tornou um processo mais fácil, ágil e prático graças às plataformas online de estudos.

É assim que o CRIA, corretor de redação por inteligência artificial, surgiu, buscando participar da jornada de estudos de pré-vestibulando.

Você também pode se interessar por:

Nesse sentido, para compreender como funciona a correção e seus parâmetros, confira a seguir a redação cedida pela aluna Laura do ENEM 2023.

Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil” — ENEM 2023 da estudante Laura Esther Correia Jerônimo 

Introdução

No período histórico que antecede a escrita, conhecido como Período Neolítico, o ser humano passou a ter controle de si e da natureza ao seu redor, resultando na divisão de trabalho entre sexos, onde as moças cuidavam dos afazeres domésticos e o homens da caça. Séculos depois, os reflexos dessa separação de afazeres ainda perduram no Brasil, vistos no enraizamento da visão patriarcal e da omissão social de seu povo, colocando em evidência os desafios para enfrentar a invisibilidade do trabalho de cuidado pela mulher em território nacional.

Desenvolvimento 1:

Sob esse viés, é profícuo ressaltar como os ideais machistas estão ainda presentes na realidade das brasileiras. Diante desse cenário, a população enxerga tarefas de assistência como obrigações femininas, desvalorizando o serviço prestado e ensinando desde a primeira infância das garotas que elas precisam manter cuidados com os outros e com a casa. Logo, se faz necessária uma mudança no pensamento estagnado da sociedade, para que não ocorram situações como a demonstrada na obra “O Conto da Aia”, de Margaret Atwood, uma distopia onde as mulheres nascem e crescem apenas para exercer determinada função, tratadas de forma desumanizada.

Desenvolvimento 2:

Em decorrência do fator apresentado, percebe-se como a presença dessa ideia acarreta em cidadãos incapazes de reconhecer a problemática, tratando a adversidade de maneira normativa. Esse cenário é criado devido ao costume gerado nos indivíduos após tanto tempo vivenciando tal fator como realidade, o que é exemplificado no filme japonês “Battle Royale”, uma distopia governamental que demonstra como situações infelizes são aceitas de forma inquestionável se fazem parte da vida das pessoas há anos.

Conclusão:

Portanto, urge que medidas sejam tomadas para reverter esse quadro. Cabe a escola, espaço de desenvolvimento social e cognitivo, promover a disseminação de informação referente ao assunto por meio de projetos que incentivem a busca pela relevância desse serviço na vida humana, para que os estudantes compreendam sua importância. Ademais, é responsabilidade do governo federal como instância máxima de poder, garantir a essas mulheres os direitos básicos de trabalho, para que as mesmas saim da situação de invisibilidade e tenham seu esforço devidamente recompensado. Dessa forma, o Brasil apresentará evolução, saindo de um modelo estabelecido em outra época.

Correção do CRIA

O CRIA foi projetado para ser um corretor de redações baseado em Inteligência Artificial e Processamento de Linguagem Natural. Nesse sentido, ele utiliza modelos de Aprendizado de Máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores reais.

Assim, as redações e as notas atribuídas são inseridas no treinamento, de modo que os algoritmos de IA tentam encontrar um padrão entre as redações e pontuações fornecidas para criar um modelo com a assertividade esperada.   

Então, o CRIA faz previsões de notas por competência; análise de contexto na introdução; previsão de defesa de tese; previsão de fuga ao tema; previsão de intervenção; uso de parônimas e homônimas, etc. 

Confira abaixo a correção do CRIA seguindo as cinco competências do ENEM:

Análise de redação pré-vestibular online grátis – Foto: CRIA;

Correção do ENEM

A correção da redação do ENEM segue um processo criterioso e padronizado, de acordo com as competências estabelecidas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, INEP.

Assim, veja a seguir a correção do ENEM para a mesma redação, da aluna Laura Esther Correia Jerônimo .

Observe que, embora existam pequenas diferenças, o CRIA estima uma variação de nota bem similar à banca corretora oficial, sendo uma fonte confiável para avaliar seu desempenho.

No total, a estudante alcançou 920 pontos na redação, isso demonstra um desempenho muito sólido na redação do ENEM, visto que a pontuação máxima é de 1000 pontos.

analise de redacao pre-vestibular online gratis
A pontuação atribuída a cada competência reflete a avaliação do corretor sobre como o candidato atendeu aos critérios específicos estabelecidos pelo INEP para cada uma delas – Foto: Arquivo Pessoal.

Assim, com 920 pontos, a estudante obteve uma excelente avaliação de suas habilidades de escrita, evidenciando um domínio consistente das competências avaliadas.

Como utilizar o CRIA na sua estratégia de estudos?

Agora que você já conferiu a análise de redação pré-vestibular online grátis, o CRIA pode ser a ferramenta ideal para esse processo. Mas o que é o CRIA?

O CRIA é um corretor de redação por inteligência artificial que utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Além disso, o CRIA realiza previsões de notas por competência, análise de contexto na introdução, previsão de defesa de tese, previsão de fuga ao tema, previsão de intervenção, uso de parônimas e homônimas, etc.

O que o CRIA faz por você?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »