Body
CRIA logo

Posso usar gírias na redação? Veja as regras

Compartilhe

Posso usar gírias na redação? Em alguns casos específicos, você pode usar para ilustrar um ponto ou dar voz a um grupo social.

Posso usar gírias na redação? Em alguns casos específicos, como em citações diretas, as gírias podem ser utilizadas para ilustrar um ponto ou dar voz a um grupo social específico. No entanto, em contextos mais formais como o ENEM, deve ser evitada.

As escolhas linguísticas são determinadas por circunstâncias como a época histórica, o grupo social dos falantes e seus interlocutores, a procedência geográfica de ambos, além de fatores como sexo e idade.

Assim, é frequente observarmos a utilização de gírias em grupos, na internet e textos menos formais. No entanto, em contextos como redações acadêmicas, vestibulares ou em ambientes profissionais, o uso de gírias deve ser evitado.

Desse modo, a formalidade da linguagem garante clareza e universalidade na comunicação, respeitando a norma culta da língua. Utilizar uma linguagem adequada ao contexto mostra não apenas domínio linguístico, mas também respeito pelo leitor e pela situação comunicativa.

Quer entender melhor o uso das gírias na redação? Continue com o CRIA e boa leitura.

posso usar girias na redacao
o uso controlado e contextualizado de gírias pode contribuir para uma análise mais rica e aprofundada, sem desviar do tom formal exigido na maior parte da redação – Foto: Freepik.

O que são as gírias?

Etimologicamente gíria é sinônimo de jargão, derivado do francês antigo “jargom” ou “gergon”, o qual significava gorjeio dos pássaros. Obtendo sua raiz “garg”, que expressa os conceitos de “engolir”, “beber”, ou “falar confusamente”.

Assim, a gíria pode ser enquadrada na variação linguística chamada de diastrática, tendo em vista sua complexidade semântica e vocabular, determinada por fatores extralinguísticos, como idade e, certas vezes, por sexo.

Além disso, a gíria está intimamente ligada à criação de termos singulares por um grupo social considerado de nível sociocultural baixo, a fim de que outras pessoas, fora de seu círculo social, não consigam entendê-los.

Desse modo, são utilizadas para marcar uma identidade ou estabelecer uma autoafirmação, também relacionada a um grupo restrito.

Você também pode se interessar por:

Posso usar gírias na redação?

Em redações formais, como as de vestibulares ou ENEM, concursos e textos acadêmicos, não se recomenda o uso de gírias.

Gírias são expressões coloquiais que podem não ser compreendidas por todos os leitores e podem transmitir uma impressão de informalidade ou falta de seriedade.

Nesse sentido, faz-se importante manter um registro linguístico adequado ao contexto da redação, utilizando uma linguagem formal e clara.

Existem exceções?

O único momento em que é permitido utilizar gírias ou linguagem coloquial na redação é em citações diretas. Elas devem ser cuidadosamente contextualizadas e usadas de maneira a enriquecer a argumentação ou ilustrar um ponto específico.

Então, ao empregar gírias ou linguagem coloquial em citações, é essencial que o restante do texto mantenha a formalidade e clareza esperadas em uma redação formal.

Dessa forma, as citações diretas podem servir para dar voz a perspectivas autênticas ou para sublinhar a realidade de um grupo social ou cultural específico.

Exemplos de gírias na redação do ENEM

Na redação do ENEM, o uso de gírias não é apropriado, exceto em citações diretas que ilustrem um ponto específico ou uma situação contextual.

Assim, aqui estão alguns exemplos de como inserir gírias de maneira adequada em citações diretas:

  1. Tema: Desigualdade Social
    • Texto: “A desigualdade social no Brasil é um problema grave, refletido nas palavras de um jovem de uma comunidade carente: ‘Aqui, a gente rala muito e vê pouco resultado.’”
  2. Tema: Inclusão Digital
    • Texto: “A inclusão digital é crucial para o desenvolvimento social, como expressa um adolescente em uma área rural: ‘A internet aqui é mó treta, mas quando funciona, ajuda muito nos estudos.’”
  3. Tema: Violência Urbana
    • Texto: “A violência urbana afeta profundamente os moradores das periferias, como relatado por um jovem: ‘Morar aqui é mó perrengue, todo dia tem que ficar esperto com os ‘corre’ das gangues.’”
  4. Tema: Impacto das Redes Sociais
    • Texto: “O impacto das redes sociais na vida dos jovens é significativo, como exemplificado na fala de uma estudante: ‘Todo mundo fica ‘online’ o tempo todo, é ‘like’ pra tudo que é lado.’”
  5. Tema: Trabalho Infantil
    • Texto: “O trabalho infantil ainda é uma realidade triste em muitas regiões, conforme ilustrado por uma criança trabalhadora: ‘Desde pequeno, tenho que ‘bater um trampo’ pra ajudar em casa.’”

Em cada exemplo, as gírias usadas em citações diretas refletem a fala de pessoas reais, permitindo que o escritor mantenha a formalidade e a clareza do restante da redação.

Como mandar bem na redação?

Se você tinha dúvidas sobre: “Posso usar gírias na redação?”, agora sabe que a resposta é não. Assim, se você quer mandar bem na redação do ENEM ou vestibulares, o CRIA pode ser a ferramenta ideal para esse processo. Mas o que é o CRIA?

O CRIA é um corretor de redação por inteligência artificial que utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Além disso, o CRIA realiza previsões de notas por competência, análise de contexto na introdução, previsão de defesa de tese, previsão de fuga ao tema, previsão de intervenção, uso de parônimas e homônimas, etc.

Mas o que o CRIA faz por você?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes