CRIA logo

Como começar uma redação para o ENEM: Passo a passo!

Compartilhe

O começo de uma redação é sempre o mais difícil. Pensando nisso, preparamos um passo a passo de como começar uma redação para o ENEM. Confira!

É normal que haja dificuldade na hora de formular um texto dissertativo argumentativo para o ENEM, afinal, ele será decisivo para o sucesso de seus resultados. Por isso, é essencial dedicar tempo aos seus estudos para saber como começar uma redação para o ENEM.

É um desafio e tanto escrever as primeiras palavras de uma redação. Essas primeiras palavras podem impactar a visão do corretor sobre a sua redação no geral. Além disso, a introdução do texto é um componente crucial da redação, pois é por meio dela que se apresenta o problema a ser discutido.

Então, o primeiro passo para como começar uma redação para o ENEM é pela introdução do texto. Em suma, a introdução é o espaço de declarar a tese e esta deve se relacionar com a proposta da redação do exame.

Nesse sentido, já no primeiro parágrafo, o participante introduz o tema e o ponto de vista que baseará a argumentação do texto. Para o INEP, o ponto de vista é uma ideia, uma opinião que será validada através da mobilização de informações de diversas áreas do conhecimento, sendo elas apresentadas pelos textos motivadores ou do conhecimento sociocultural do participante.

Dessa forma, o CRIA elaborou um passo a passo para te ajudar a relembrar como começar uma redação para o ENEM e se preparar para esta grande prova. Continue conosco e boa leitura!

Como começar uma redação?
Como começar uma redação? Fonte: Canva

Passo a passo de como começar uma redação para o ENEM:

O ENEM, além de ser um mecanismo para avaliar a Educação Básica brasileira, tornou-se, para a maioria dos estudantes, um meio de acesso às universidades públicas, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), processo seletivo do Ministério da Educação (MEC) que utiliza como critério a nota do ENEM.

Além disso, há também a outros programas do governo: o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Programa de Financiamento Estudantil (Fies).

Devida a essa importância, vale compreender exatamente como começar uma redação para o ENEM. Antes de mais nada, leia cuidadosamente o tema proposto e os textos motivadores, se houver.

1. Identifique o foco do texto

Parece óbvio, mas ajuda bastante na hora de começar a escrever sua tese: análise sobre o que se trata o tema.

Depois, identifique qual é a palavra-chave do problema em questão. Por exemplo: no ano de 2015, o tema da redação foi “A persistência da violência contra a mulher na sociedade brasileira” e o que podemos definir como palavra-chave do problema aqui? A persistência da violência contra a mulher.

Portanto, é de onde deve partir sua dissertação argumentativa. 

2. Cite o tema

Assim, para montar sua introdução, revisite o tema e o foco que você identificou no texto. ´´E por meio desse recurso que o leitor ficará preso logo no início da sua produção. Isto é, já identificando sobre o que você abordará e qual é a gravidade da questão.

3. Deixe seu ponto de vista claro

Então, esse é o momento de: esclarecer que você pensa sobre o assunto. Identificar seu posicionamento sobre ele. Estes são pontos importantes para fazer seu desenvolvimento e não deixar seus argumentos sem aprofundamento.

Basicamente, é o tal pensamento crítico que falamos algumas vezes. Tendo isso determinado em sua construção, será mais fácil fluir com eles até a conclusão, onde irá retomar mais uma vez seu posicionamento e encerrará com os argumentos.

4. Traga um contexto histórico sobre o tema 

Utilizando o tema que demos de exemplo anteriormente, sobre a violência doméstica no Brasil, você saberia dizer qual é seu contexto histórico

Ela mudou no decorrer dos anos? Piorou? Melhorou? Com certeza, apenas de se fazer essas perguntas, algumas ideias já brotaram em seu pensamento. Por isso, criar esse contexto é tão importante para a produção da redação, pois além de trazer a projeção do cenário, te situa sobre a gravidade da proposta.

5. Relacione o tema com livros, filmes e fatos

Uma técnica muito utilizada, e por isso, importante, é a de citar elementos que comprovem ou atestam aquela questão na sociedade. 

É recomendado, inclusive, que a leitura de material complementar aumente durante seu estudo para o ENEM, pois é ele que trará bagagem para assimilar outros conteúdos ao tema proposto. 

Essa prática demonstra conhecimento interdisciplinar, coisa muito valorizada pelos corretores do ENEM e demais vestibulares. 

Exemplo de redação nota mil do ENEM:

Redação da aluna Maria Fernanda Simonato de Lemes:

Introdução:

Historicamente, a partir da implementação das missões jesuíticas no Brasil colonial, os povos nativos tiveram suas tradições suprimidas e o seu conhecimento acerca das peculiaridades territoriais menosprezado. Na contemporaneidade, a importância dessas populações configura um fator indispensável à compreensão da diversidade étnica do nosso país. Contudo, ainda persistem desafios à valorização dessas comunidades, o que interfere na preservação de seus saberes. Logo, urgem medidas estatais que promovam melhorias nesse cenário.

Desenvolvimento 1:

Sob esse viés, é válido destacar a fundamentalidade dos povos tradicionais como detentores de uma pluralidade histórica e cultural, que proporciona a disseminação de uma vasta sabedoria na sociedade. Nesse sentido, o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) afirma as heranças tradicionais desses grupos como constituintes do patrimônio imaterial brasileiro. Dessa forma, sabe-se que a contribuição desses indivíduos para a formação intelectual do corpo social engloba práticas de sustentabilidade, agricultura familiar e, inclusive, confere a eles uma participação efetiva na economia do país. Assim, evidencia-se a extrema relevância dessas comunidades para a manutenção de conhecimentos diferenciados, bem como para a evolução da coletividade.

Desenvolvimento 2:

Entretanto, a falta de representantes políticos eleitos para essa classe ocasiona a desvalorização das suas necessidades sociais, que não são atendidas pelos demais legisladores. Nesse contexto, a Constituição Federal assegura direitos inalienáveis a todos os cidadãos brasileiros, abordando o dever de inclusão de povos tradicionais nas decisões públicas. Desse modo, compreende-se que a existência de obstáculos para o reconhecimento da importância de populações nativas se relaciona à ineficácia na incorporação de representantes que sejam, de fato, interessados na perpetuação de saberes e técnica ancestrais propagados por esses grupos. Sendo assim, comprova-se a ocorrência de um grave problema no âmbito coletivo, o qual impede a garantia plena dos direitos básicos dessas pessoas.

Aprimore sua escrita com o CRIA

Agora que você já sabe como começar uma redação para o ENEM, o CRIA pode ser a ferramenta ideal para esse processo. Mas o que é o CRIA?

Projetado para ser um corretor de redações baseado em inteligência artificial e processamento de linguagem natural, o CRIA é uma ferramenta útil e simples de utilizar.

Assim, ele utiliza modelos de aprendizado de máquina gerados por meio de redações escritas por alunos reais e corrigidas por professores.

Através do modelo, o CRIA realiza previsões de notas por competência, análise de contexto na introdução, previsão de defesa de tese, previsão de fuga ao tema, previsão de intervenção, uso de parônimas e homônimas, etc.

Quais são as funcionalidades do CRIA?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.
O CRIA, uma ferramenta de correção de redações com inteligência artificial, te ajuda a praticar para o ENEM — Vídeo: Reprodução.

Qual o passo a passo para utilizar o CRIA?

Após escolher o plano, seu acesso à plataforma será liberado. Então, você pode escolher um tema disponível no site ou enviar outro tema desejado.

Em seguida, escreva o texto na área indica e submeta para correção. Em até 2 minutos sua redação do ENEM estará corrigida conforme as 5 competências do ENEM.

Por fim, após realizar as correções indicadas, atualize a análise para obter um novo resultado.

inteligencia artificial para corrigir redacao
CRIA: corretor de redação por inteligência artificial — Foto: CRIA.

Acompanhe seu progresso

Após enviar as redações, é possível acessar outra ferramenta disponível para os alunos do CRIA: o gráfico com histórico de pontuação.

Assim, por meio dele, é possível visualizar de maneira clara as competências que precisam de mais atenção.

grafico de correcao de redacao interativo
Gráfico de correção de redação interativo — Foto: CRIA.

A quem o CRIA se destina?

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »