CRIA logo

O que levar para a prova do ENEM? Veja o necessário!

Compartilhe

O ENEM 2023 está de aproximando, e a prova acontecerá nos dias 5 e 12 de novembro. Mas você sabe que não pode entrar na sala de prova com boné? Para evitar erros e problemas, veja o que levar para a prova do ENEM e quais itens são proibidos.

A primeira edição do ENEM foi em 1998, e desde então muita coisa mudou. Transcorridas cerca de 2 décadas desde a sua introdução, o exame ganhou popularidade nacional, maior aceitação social e um número crescente de candidatos.

Então, se você vai fazer a prova, precisa estar atento às regras que o INEP impõe aos candidatos. De modo geral, é de conhecimento que apenas um tipo de caneta é permitido para realizar a prova, tanto para escrever a redação, quanto para preencher o gabarito.

Para isso, veja o que levar para a prova do enem 2023 com o CRIA. Boa leitura.

veja o que precisa levar para fazer a prova do enem
Veja o que levar para a prova do ENEM: itens obrigatórios e itens proibidos — Fonte: Pexels.

Veja o que levar para a prova do ENEM

Chegou a hora da prova, mas você sabe o que precisa levar para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio? Existe obrigatoriedade de alguns itens, como documento oficial com foto e a caneta preta esferográfica preta com tubo transparente.

Entretanto, existem outros itens que não são obrigatórios, mas podem ser essenciais para o momento da prova, como uma garrafinha de água e lanches para manter a glicose. A prova possui a duração de, no mínimo, 2h até 5h30min. Então, nada mais justo que manter a hidratação nesse momento.

Então, veja o que levar para a prova do ENEM:

  • RG ou outro documento oficial com foto (documentos digitais também são válidos);
  • Caneta esferográfica preta fabricada em material transparente;
  • Cartão de confirmação de inscrição;
  • Água em garrafa transparente sem rótulo;
  • Máscara de proteção;
  • Lanche.

Outros documentos aceitos pelo INEP:

  • e-Título;
  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital;
  • RG Digital.

Você também pode se interessar por:

O que não levar no dia prova do ENEM

Outro ponto importante é entender que nem tudo pode ser levado para o dia da prova. Assim, é essencial que os candidatos conheçam as regras do ENEM. Caso você queira se sentir mais confiante, pode conferir o edital do ENEM 2023 disponibilizado pelo INEP.

Todo mundo sabe que não é possível utilizar celular na hora da prova, mas você sabia que é proibido itens como:

  • Óculos escuros, bonés, chapéus e similares;
  • Lápis, borracha, lapiseira e calculadoras;
  • Fones de ouvido;
  • Relógios e chaves;
  • Dispositivos eletrônicos, como celulares, tablets e outros.

Vale lembrar que se o telefone tocar, independe se você estiver com ele em mãos ou não, o candidato será desclassificado. Então, fique muito a atento com isso.

O que acontece se eu não cumprir as regras do ENEM?

O não cumprimento das regras do ENEM pode resultar em diversas consequências, que vão desde advertências até a desclassificação do candidato.

Desse modo, é fundamental que os participantes estejam cientes das regras e as sigam rigorosamente para evitar problemas. Então, algumas das possíveis consequências incluem:

  • Advertência em casos menos graves;
  • Eliminação do candidato;
  • Anulação da prova;
  • Impedimento de participar de futuras edições.
o que levar para a prova do enem
Existem muitas regras para realizar o Exame Nacional do Ensino Médio, assim não deixe de conhecê-las — Fonte: Freepik.

Cronograma ENEM 2023

Com o cronograma do ENEM 2023 se aproximando, torna-se fundamental compreender os prazos, as etapas e os desafios envolvidos nessa jornada. Assim, acompanhe o cronograma para a prova:

  • Inscrições: 5 a 16 de junho;
  • Pedidos de isenção: 17 a 28 de abril;
  • Resultado dos pedidos de isenção: 8 de maio;
  • Recursos dos pedidos de isenção: 8 a 12 de maio;
  • Resultado da isenção: 19 de maio;
  • Aplicação das provas: 5 e 12 de novembro;
  • Divulgação dos gabaritos: 24 de novembro;
  • Resultado: 16 de janeiro de 2024.

5 dicas para o dia da prova do ENEM

O sucesso no ENEM não depende apenas do conhecimento adquirido ao longo dos anos de estudo, mas também da preparação cuidadosa para enfrentar o exame com confiança e tranquilidade.

Desse modo: apresentaremos 5 dicas valiosas para o dia da prova do ENEM, visando ajudar os candidatos para o momento da prova:

1. Durma bem na noite anterior

Nada mais reparador do que uma noite de sono bem dormida. Então, não se desespere na noite anterior e tente revisar todos os conteúdos de uma vez. Esse é o momento de descansar para realizar a prova no dia seguinte.

2. Faça uma alimentação nutritiva e leve

A alimentação para o dia da prova é muito importante, já que estar bem alimentado pode trazer maior bem-estar e menos preocupação para a prova. Além da alimentação antes, vale levar lanchinhos leves para segurar a fome durante o exame.

3. Confira se está levando todos os itens necessários

O documento oficial com foto garante que o candidato está participando da prova e o identifica. Assim, jamais o esqueça em casa, já que sem estar com ele em mãos não será possível realizar a prova.

4. Vá de roupas confortáveis

Nada legal estar com roupas apertadas ou desconfortáveis, não é mesmo? Então, escolha roupas leves que ajudem a transpiração. Cada local de prova é diferente, então não é possível garantir que todas as salas terão ar condicionado.

5. Saia de casa com antecedência

Ninguém quer aparecer nos memes dos atrasados do ENEM, certo? Então se organize para chegar com antecedência. A dica é verificar o local de prova antes do dia, pois assim conseguirá entender se é um local de difícil acesso ou se há muito trânsito.

CRIA: ferramenta de correção de redação por inteligência artificial

Bom, agora que você já entendeu o que levar para a prova do ENEM, além de dicas essenciais para esse momento, já parou para pensar em como está sendo a sua preparação para a prova?

A redação é a parte mais importante do ENEM, responsável por classificar ou desclassificar o candidato do exame. Assim, se você precisa de uma ajudinha com a correção da sua redação, o CRIA pode te ajudar.

Mas o que é o CRIA?

CRIA é um corretor de redação por inteligência artificial que garante uma correção com grande precisão, baseando-se nas 5 competências do ENEM. E para a praticidade do estudante, a correção é entregue até 2 minutos.

Além disso, centenas de milhares de redações estão disponíveis no banco de dados do CRIA. Portanto, oferecemos ao aluno uma explicação detalhada de quais foram seus erros, como corrigi-los e porquê esse erro reduz os pontos no ENEM, com notas de zero a mil, utilizando-se como base para IA.

Após enviar sua redação para correção, o CRIA verifica se os conectivos foram usados ou não no texto. Assim, você pode ver se existe uma diversidade de elementos linguísticos e a frequência.

o que levar para a prova do enem
Coesão e coerência na redação do ENEM — Fonte: CRIA.

Mas, afinal, para quem é o CRIA:

  • Para os professores, visamos diminuir a sobrecarga e otimizar a gestão da turma;
  • Para os alunos, tornarmos o processo mais ágil, divertido, incentivando a prática constante.

Quais são as funcionalidades do CRIA?

  • Análise instantânea da redação;
  • Simulação da sua nota do ENEM por competência;
  • Identificação de desvios, todos marcados no seu texto;
  • Traz correções detalhadas por competência;
  • Histórico de progresso;
  • Fornece dados para melhorias na escrita, em texto e/ou avatar explicativo;
  • Plataforma gamificada, pode compartilhar com amigos e obter vantagens;
  • Professor olha as correções do CRIA e pode alterar conforme achar necessário, assim o CRIA sempre aprende com eles.

Vamos começar? Então acesse aqui.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »