CRIA logo

Nomes próprios na redação do ENEM: não erre mais!

Compartilhe

Dominar a Língua Culta é um dos requisitos para qualquer prova de redação. Desse modo, é de extrema importância saber como utilizar os nomes próprios na redação do ENEM para garantir a nota mil no Exame.

Em 2022, mais de 3 milhões de pessoas se inscreveram no Exame Nacional do Ensino médio, conforme o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Em resumo, são milhares de pessoas todos os anos que querem chegar a uma instituição de ensino superior.

Para isso, o candidato deve conhecer todos os detalhes da prova de redação, já que a pontuação pode ser decisiva. Então, ter um bom domínio da Língua Portuguesa é um dos requisitos para gabaritar a área.

Como resultado, o CRIA elaborou esse artigo completo para você entender como utilizar nomes próprios na redação do ENEM. Boa leitura.

nomes proprios na redacao do enem
Guia completo de como usar os nomes próprios na redação do ENEM – Foto: Pexels.

O que são nomes próprios?

Os nomes próprios são substantivos que designam e identificam algo de forma específica, como uma pessoa, um lugar ou entidade geográfica. Além disso, nomes próprios podem ser simples ou compostos e começam com letra maiúscula para diferenciá-los de substantivos comuns.

Além disso, também possuem um valor simbólico e cultural, refletindo a história e as tradições de uma determinada sociedade. Em suma, a escolha do nome próprio pode ser influenciada por diversos fatores, como religião, cultura, moda, etc.

Você também pode gostar de:

Quais são os tipos de nomes próprios?

Existem diversos tipos de nomes próprios, que podem ser classificados de acordo com diferentes critérios. Veja agora a classificação dos nomes próprios:

Nomes de pessoas (antroponímia)

Os nomes próprios de pessoas são chamados de antroponímia. Desse modo, sempre são escritos com a letra inicial maiúscula. Veja alguns exemplos:

  • Ariano Suassuna;
  • Maria Madalena;
  • Simone de Beauvoir;
  • Machado de Assis;
  • Marie Curie.

Nomes de lugares (toponímia)

Os nomes de lugares são elementos fundamentais para a identificação e a diferenciação de regiões geográficas. Confira alguns exemplos:

  • São Paulo;
  • Rio de Janeiro;
  • Argentina;
  • Itália;
  • África do Sul.

Nomes de rios, mares e oceanos

Os nomes próprios também podem ser rios, mares e oceanos. Dessa forma, a fim de os distinguir dos demais substantivos comuns, são escritos com a letra inicial maiúscula. Exemplos:

  • Amazonas;
  • Atlântico;
  • Tietê;
  • Morto;
  • Egeu.

Nomes de entidades e instituições

São aqueles que identificam organizações, grupos, empresas e outras entidades jurídicas. Exemplos:

  • Universidade Federal do Rio de JaTratado do Atlântico Norteneiro;
  • Organização das Nações Unidas;
  • Ministério da Fazenda;
  • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística;
  • Tratado do Atlântico Norte.

Nomes do folclore e da mitologia

Nesse caso, identificam personagens, seres e entidades presentes nas histórias e lendas populares de diferentes culturas. Confira alguns exemplos:

  • Afrodite;
  • Cuca;
  • Zeus;
  • Boitatá;
  • Pandora.

Nomes de festividades e festas populares

São os substantivos que indicam celebrações culturais, religiosas ou sociais que ocorrem em diferentes regiões do mundo. Exemplos:

  • Oktoberfest;
  • Carnaval;
  • Dia de los muertos;
  • Ano Novo;
  • Dia de São Patrício.

Nomes de astros

Nomes de astros são substantivos que indicam corpos celestes que fazem parte do sistema solar e do universo em geral. Assim, são exemplos:

  • Sol;
  • Marte;
  • Andrômeda;
  • Sirius;
  • Orion.

Nomes de marcas

Esses substantivos designam nomes de empresas, produtos ou serviços específicos, muitas vezes para criar uma imagem distintiva e atrativa no mercado. Então, são alguns exemplos:

  • Nike;
  • Tesla;
  • Coca-cola;
  • Gillete;
  • Paçoquinha.

Nomes de livros e periódicos

Os nomes próprios de livros e periódicos são aqueles que identificam publicações escritas que podem ser encontradas em livrarias, bibliotecas ou na internet. Exemplos:

  • O Estado de São Paulo;
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas;
  • A Moreninha;
  • Capricho;
  • Ciência Hoje.

Qual a diferença entre substantivo próprio e comum?

Mas qual é a diferença entre um substantivo próprio e um substantivo comum? Utiliza-se o substantivo comum para nomear algo genérico e não individualizado. Por exemplo, uma pessoa (exemplo: advogado), um lugar (exemplo: país), um animal (exemplo: gato) ou uma ideia (exemplo: democracia).

Além disso, o substantivo comum é sempre escrito com letra minúscula, exceto quando estiver no início de uma frase.

Em contrapartida, o substantivo próprio nomeia algo específico e individualizado. Por exemplo, o nome de uma pessoa, o nome de um lugar, o nome de uma marca ou o nome de um livro.

Afinal, como diferenciar os substantivos próprios e comuns na escrita? Os substantivos próprios sempre serão escritos com a letra inicial maiúscula mesmo se estiver no início ou final de uma frase.

Por que é importante saber o que são nomes próprios na redação do ENEM?

Evitar erros gramaticais simples como esse diminui a chance de prejudicar a compreensão e a clareza do texto. Embora possa parecer um erro pequeno, o uso correto dos substantivos próprios pode contribuir para uma comunicação mais precisa e efetiva.

Então, ao utilizar da maneira correta, o candidato demonstra que possui uma boa compreensão da gramática da Língua Portuguesa.

Como o corretor de redações por inteligência artificial pode te ajudar nesse processo?

Agora que você compreendeu o que são os nomes próprios, os tipos que existem e por que são importantes para a redação do ENEM, chegou a hora de praticar.

O CRIA é uma ferramenta tecnológica cujo objetivo é auxiliar os estudante a alcançarem boas notas na redação do ENEM. Por meio da inteligência artificial, corrige o texto em até dois minutos. Sabemos que o tempo é crucial na vida de um estudante, então nada de perder tempo esperando uma correção manual.

Portanto, não deixei de praticar. Com o CRIA você recebe a correção com os apontamentos necessários para melhorar dentro das 5 competências do ENEM. Gostou?

Então cadastre-se agora.

Esse artigo foi útil?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Lamentamos que este post não tenha sido útil pra você.

Vamos melhorar este post.

Como podemos melhorar esse post?

Mais recentes

como e a redacao da uft

Como é a redação da UFT 2024/2?

A redação da UFT segue o padrão comum de muitos vestibulares, solicitando aos candidatos que produzam um texto dissertativo-argumentativo. A avaliação é baseada em cinco competências específicas, conforme detalhado no edital da instituição.

Leia mais »